domingo, 12 de maio de 2019

Juntos

"Rirmos juntos é melhor do que falar a mesma língua. Ou talvez o riso seja uma língua anterior que fomos perdendo à medida que o mundo foi deixando de ser nosso."

Mia Couto



NUNO RIBEIRO - O Que Fomos ft. David Carreira

Eu tento seguir em frente Pra me ficares indiferente Mas não dá pra esquecer o que sinto por ti Eu tento seguir em frente Pra me ficares indiferente Mas não dá pra esquecer o que foste pra mim Lembro aquele café pela manhã Juntos agarrados no sofá E o que éramos os dois Disseste que era aqui que querias estar Mas tu foste embora sem pensar No que éramos os dois Já não dá mais, não posso mais ficar assim Eu tento seguir em frente Pra me ficares indiferente Mas não dá pra esquecer o que sinto por ti Eu tento seguir em frente Pra me ficares indiferente Mas não dá pra esquecer o que foste pra mim Procurei noutro lugar sinais de ti Já tentei apagar mas não esqueci O que éramos os dois Disseste que era aqui que querias estar Mas tu foste embora sem pensar No que éramos os dois Já não dá mais, não posso mais ficar assim Eu tento seguir em frente Pra me ficares indiferente Mas não dá pra esquecer o que sinto por ti Eu tento seguir em frente Pra me ficares indiferente Mas não dá pra esquecer o que foste pra mim Sinto que ainda há tempo para recomeçar Nunca pensei que a nossa história fosse acabar Não vou levar mais ninguém para aquele nosso lugar Que eu não consigo esquecer Já não dá mais, não posso mais ficar assim

quarta-feira, 24 de abril de 2019

Olhar para quem fui

Há dor que mata a pessoa
                                                               Sem dó nem piedade.
                                                               Porém não há dor que doa
                                                               Como a dor de uma saudade.
                                                               Patativa do Assaré




António Caixeiro - Cantiga do tempo novo 


Deixei de olhar para quem fui
Do passado estou ausente
Às vezes mais vale a pena
Rir de tudo o que faz pena
Na alma triste da gente

Vou lançar mãos à aventura
Correr noutra direcção
Quanto mais nos lamentamos
Ainda mais presos ficamos
E nos dói o coração

A nossa vida é um mar

Com muitas marés e vagas
Não temos nada a perder
O melhor mesmo é viver
Combatendo as nossas mágoas

Tenho o mundo à minha espera
Há ilhas por descobrir
E há uma vontade nova
Um vento que se renova:
Novo amor que vai surgir

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Se o brilho acabar

"Ama-se enquanto se ama, eis tudo. E quando já não se ama, amou-se."
Paul Magueritte, escritor francês.


    Diogo Piçarra - Tu E Eu

Se o amor nos deixar
A terra desabar
E o tempo nos mudar
Irei estar sempre aqui
A chama se apagar
Se a idade não perdoar
E quando não me ouvires cantar
Eu não sairei daqui
Se tu pensas em mim
Como penso em ti
Temos tudo então
Pra poder voltar ao sonho outra vez
Se tu dizes que sim
Sei por onde seguir
Que esperamos pra querer voltar a ser só tu e eu
Se o brilho acabar
E um dia for demais para dar
E o nosso olhar não se cruzar
Ficarei por aqui
Mas o amor já nos deixou
E o mundo desabou
Mas o tempo não mudou
O que foste para mim
Se tu pensas em mim
Como eu penso em ti
Temos tudo então
Pra poder voltar ao sonho outra vez
Se tu dizes que sim
Sei por onde seguir
Que esperamos pra querer voltar a ser só tu e eu
Só tu

domingo, 31 de março de 2019

Palavras


As palavras cortam mais que as facas. Elas não perfuram a pele, rasgam a alma.
                           Renato Russo   


Luís Sequeira-Se ao menos eu te odiasse

Se ao menos eu te odiasse, despia-te de mim. Roupa que alguém lavasse e punha na estória um fim. Ás voltas com o sem saber, onde ficamos? nas tintas! Acabo por sentir o que não quero que tu sintas. Amas-me? Eu não sei. Amo-te eu? Eu sei lá! Se algum dia eu te odiei, odiaste-me tu já. Se ao menos eu te odiasse Se ao menos eu te odiasse e não tivesse amor, Arranjava quem levasse para fora de mim a dor. Tu não sabes e eu também, não porque o desejasse. Sabe Deus o que eu tentei... Se ao menos te odiasse Amas-me? Eu não sei. Amo-te eu? Eu sei lá! Se algum dia eu te odiei, odiaste-me tu já. Se ao menos eu te odiasse Se eu não tenho Amor Tudo o que sou Já não tem valor Se ao menos eu te pudesse ter Conseguir te mudar Se ao menos eu Se ao menos eu (te odiasse) se ao menos eu te odiasse


domingo, 17 de março de 2019

Novos Caminhos

“O primeiro passo não te leva onde queres ir, mas tira-te de onde estás”.


OUTRA VEZ
Se eu for pensar na vida que me coube No que tive, tudo igual Tive o sol na pele, a tua mão na minha e tanta coisa que me magoou faz parte da vida que me coube Sempre soube agradecer Antes que acabe, que a luz se apague Quero o que me cabe, bom ou mau Se eu pudesse ser tudo o que fui Outra vez outra vez Se fosse tempo de recomeçar outro tiro de partida Sei que não fugia de um só dia Qualquer dia , qualquer hora Faz parte da vida que me coube Sempre soube agradecer E quando chegar o dia de partir Encontra-me a sorrir, encontra-me a cantar Se eu pudesse ser tudo o que fui Outra vez outra vez Antes que acabe, que a luz se apague quero o que me cabe, bom ou mau Se eu pudesse ser tudo o que fui Outra vez , outra vez

quinta-feira, 7 de março de 2019

Voar


Se tu o desejas, podes voar, só tens de confiar muito em ti.
                                                 Steve Jobs



Alexandre David-Gosto de Ti- COVER


Quando não estou bem
É a ti que eu acordo nem que seja pra falar
E nessas chamadas perdemos as horas
E já são três da manhã
É mais uma madrugada passada
A contar o que estou a passar
E sei que em ti posso confiar

Mesmo estando longe estou aí
Só quero que a vida um dia te faça feliz
Tu nem sabes o que és pra mim
E eu nem sei como dizer
O quanto eu gosto de ti
O quanto eu gosto de ti

Quando não estou bem
É a ti que eu acordo nem que seja pra falar
E nessas chamadas perdemos as horas
E já são três da manhã
É mais uma madrugada passada
A contar o que estou a passar
Eu sei que em ti posso confiar

Mesmo estando longe estou aí
Só quero que a vida um dia te faça feliz
Tu nem sabes o que és pra mim
E eu nem sei como dizer
O quanto eu gosto de ti
O quanto eu gosto de ti

Mesmo estando longe
Eu vou estar sempre perto de ti
Mesmo estando longe
Tu sabes que eu estou aqui

Mesmo estando longe estou aí
Só quero que a vida um dia te faça feliz
Tu nem sabes o que és pra mim
E eu nem sei como dizer
O quanto eu gosto de ti
O quanto eu gosto de ti

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Emoções dão vida


“A vida não é mais do que uma contínua sucessão de oportunidades para sobreviver”
               Gabriel García Márquez



Berg-Chuva

As coisas vulgares que há na vida
Não deixam saudades
Só as lembranças que doem
Ou fazem sorrir

Há gente que fica na história
Da história da gente
E outras de quem nem o nome
Lembramos ouvir

São emoções que dão vida
À saudade que trago
Aquelas que tive contigo
E acabei por perder

Há dias que marcam a alma
E a vida da gente
E aquele em que tu me deixaste
Não posso esquecer

A chuva molhava-me o rosto
Gelado e cansado
As ruas que a cidade tinha
Já eu percorrera

Ai... Meu choro de moça perdida
Gritava à cidade
Que o fogo do amor sob chuva
Há instantes morrera

A chuva ouviu e calou
Meu segredo à cidade
E eis que ela bate no vidro
Trazendo a saudade

domingo, 10 de fevereiro de 2019

Viver Sem Ti

"A beleza das coisas simples existe no espírito de quem as contempla"
                                          David Hume, filósofo britânico.


C4 Pedro - Se Eu Soubesse

Longe do meu amor 
Eu sinto uma dor
Que o meu peito não aguenta
Por mais que eu tente esconder
A minha dor só aumenta 

E eu, não sei, se isto é morrer 
aos poucos
E eu, não sei, se eu estou a 
ficar louco

Eu acho que eu 
Se eu soubesse, aproveitava 
melhor
Se soubesse
Se eu soubesse, aproveitava muito 
mais

Acho que eu beijava  mais
Acho que eu abraçava mais
E pra ti eu olharia mais
Eu te amei tão pouco
Choro feito um louco

Porque hoje não te beijo mais
Hoje eu não te abraço mais
E pra ti eu já não olho mais
Eu te amei tão pouco
Choro feito um louco

Acho que eu beijava mais
O que será de mim se eu não sei 
viver sem ti
Eu vou gritar pra todo mundo 
ouvir
tu vives em mim e eu vivo em ti

E eu, não sei se isto é morrer 
aos poucos

E eu, não sei se eu estou a ficar 
louco

Eu acho que eu 
Se eu soubesse, aproveitava 
melhor
Se soubesse
Se eu soubesse, aproveitava muito 
mais

Acho que eu beijava  mais
Acho que eu abraçava mais
E pra ti eu olharia mais
Eu te amei tão pouco
Choro feito um louco

Hoje não te beijo mais
Hoje eu não te abraço mais
E pra ti eu já não olho mais
Eu te amei tão pouco
Choro feito um louco

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Um dia


Um dia vai deixar de haver amanhã. Um dia vais acordar e já não podes acordar. É bom que acordes antes desse dia
Pedro Chagas Freitas


Às Vezes · Xutos & Pontapés

Às vezes, Basta uma imagem Para nos dar coragem E continuar Às vezes, Basta uma palavra Para soltar a raiva E enlouquecer Por vezes, És tu outras sou eu E o que viveu Não é fácil, nunca é fácil Às vezes, Basta outra imagem Para soltar uma lágrima E duvidar Tu sabes Eu tenho saudades Oh, tantas saudades De te ver sorrir Um dia, Talvez amanhã Em pezinhos de lã O amor vai voltar Um dia, Talvez amanhã Em pezinhos de lã Às vezes, Basta uma imagem Às vezes, Basta uma palavra Às vezes

sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Cheguei a casa

 "O que é bom tem pressa de terminar. Sombra eterna só dentro do caracol." 
                                      MIA COUTO, escritor moçambicano.

Carolina Deslandes- A Vida Toda

Quando o nosso filho crescer
Eu vou-lhe dizer
Que te conheci num dia de sol
Que o teu olhar me prendeu
E eu vi o céu
E tudo o que estava ao meu redor
Que pegaste na minha mão
Naquele fim de verão
E me levaste a jantar
Ficaste com o meu coração
E como numa canção
Fizeste-me corar
Ali
Eu soube que era amor para a vida toda
Que era contigo a minha vida toda
Que era um amor para a vida toda
Ali
Eu soube que era amor para a vida toda
Que era contigo a minha vida toda
Que era um amor para a vida toda
Quando ele ficar maior
E quiser saber melhor
Como é que veio ao mundo
Eu vou lhe dizer com amor
Que sonhei ao pormenor
E que era o meu desejo profundo
Que tinhas os olhos em água
Quando cheguei a casa
E te dei a boa nova
E o que já era bom ganhou asas
E eu soube de caras
Que era

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

de repente


Durmo. Se sonho, ao despertar não sei
Que coisas eu sonhei.
Durmo. Se durmo sem sonhar, desperto
Para um espaço aberto
Que não conheço, pois que despertei
Para o que inda não sei.
Melhor é nem sonhar nem não sonhar
E nunca despertar.
Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"


VAI Um passo em frente e E de repente Um salto para trás Tenho um passado Um presente Quero sempre mais E a vida passa e passa o tempo sem esperar por nós E nós ficamos tão sem tempo Tão, somente, sós Tenho o meu mundo É bem pequeno Fecho-me por lá Sinto saudade E, na verdade Deixo-te ficar Meu coração Na tua mão Que se quebra e cai E vem o tempo Que me diz Segue a vida e vai Vai, vai Meu corpo frio Carrega as flores Que plantaste em mim Casa vazia Sem alegria Desaba por fim E a vida passa e passa o tempo sem esperar por nós E nós ficamos tão sem tempo Tão, somente, sós Vai, vai, vai, vai A noite cai A vida vai Meu corpo dói Dor que corrói A noite cai Meu corpo doi E a vida vai Vai, vai, vai, vai

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Eu sei


O que sabemos é uma gota; o que ignoramos é um oceano.
                                              Isaac Newton


Nuno Ribeiro - Longe

Eu sei, que temos tudo pra dar certo Eu sei, que só estou bem quando estás perto. Mas agora que não estás, é que eu olho pra trás E sei que é bom demais ter-te aqui… Eu sem ti não sou capaz, tudo aquilo que me dás, Faz-me sentir o que nunca senti… Só eu sei o que é, estar longe de ti, Não espero mais ninguém, Só tu vives em mim… Eu sei, que quero viver ao teu lado Eu sei… depois de nós não há passado. Mas agora que não estás, é que eu olho pra trás E sei que é bom demais ter-te aqui… Eu sem ti não sou capaz, tudo aquilo que me dás, Faz-me sentir o que nunca senti… Só eu sei o que é, estar longe de ti, Não espero mais ninguém, Só tu vives em mim… UUU…UUUUUU…UUU…UUUUUU Só eu sei o que é, estar longe de ti, Não espero mais ninguém, Só tu vives em mim…