quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Mesmo que o tempo passe


As lágrimas são as mais sinceras palavras



Diogo Piçarra - História

Nunca fui tão honesto até aqui
Pois nunca disse o quanto eras para mim
Não consegui escrever-te o que senti
No dia em que apareceste eu renasci

E mesmo que o tempo, passe lá fora
Eu juro que sou o único que nunca te abandona
E mesmo que o vento, te leve agora
E sempre serás o fim e o início da minha história

Da minha história
Da minha história
E sempre serás o fim e o início da minha história
Da minha história
Da nossa história
E sempre serás o fim e o início da minha história

Nunca estive tão perto como aqui
De estar completo por te ver feliz
E sei que nunca te agradeci
Por seres o que nunca fui para ti

E mesmo que o tempo, passe lá fora
Eu juro que sou o único que nunca te abandona
E mesmo que o vento, te leve agora
E sempre serás o fim e o início da minha história

Da minha história
Da minha história
E sempre serás o fim e o início da minha história
Da minha história
Da nossa história
E sempre serás o fim e o início da minha história

sábado, 14 de outubro de 2017

Convicção


                   Pior que a convicção do não, a incerteza do talvez, a desilusão de um quase, 
                                                é o que poderia ter acontecido e não aconteceu.



 Na tua imaginação

Numa noite sem igual
Chegaste ao pé de mim
Não sei, não sei

Se és tu
Falaste com convicção
Só te peço que me dês uma razão
Ou pelo menos conta-me outra versão
Essa dúvida que tu tens
Só pode ser
Na tua imaginação
Numa noite sem igual
Vejo tudo o que eu vivi
Só sei, Só sei
Que és tu
Até não sentirmos mais
Só te peço que me dês uma razão
Ou pelo menos conta-me outra versão
Essa dúvida que tu tens só pode ser
Na tua imaginação

domingo, 8 de outubro de 2017

Retardar


Viver do passado só adia o futuro


Visite-Ailime-Blog

Pedro Vaz – Diz-se

Diz-se que na vida nada acontece ao acaso
Diz-se tanta coisa muitas vezes por dizer
Diz-se para não falarmos nunca sem certezas
Mas é isso que passamos o dia a fazer

Diz-se que ao nosso lado há alguém melhor
Diz-se se tem fato e gravata deve de ser doutor
Diz-se que antigamente é que era tudo bom
Mas se fosse antigamente esta canção já não tinha som

Diz-se que um qualquer pode ser o que quiser
Diz-se que as verdades às vezes custam a dizer
Diz-se que todos falam mas poucos tem razão

Diz-se que é bem melhor fazer do que falar
Diz-se que só todos juntos podemos mudar
Diz-se que no fundo todos podemos amar

Diz-se que todos temos um lado bom no coração

Diz-se por ai que isto vai tudo acabar
Diz-se também que há males que vem por bem
Diz-se tanta coisa que não faz qualquer sentido
Que mentiras piedosas são verdades ao ouvido

Diz-se até que existem guerras santas pela paz
Diz mal de quem morre e bem de quem as faz
Diz-se que tudo que fazes vem de volta
Mas anda tanta gente má por ai há solta

Diz-se que um qualquer pode ser o que quiser
Diz-se que as verdades às vezes custam a dizer
Diz-se que todos falam mas poucos tem razão

Diz-se que é bem melhor fazer do que falar
Diz-se que só todos juntos podemos mudar
Diz-se que no fundo todos podemos amar

Diz-se que todos temos um lado bom no coração