segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

de repente


Durmo. Se sonho, ao despertar não sei
Que coisas eu sonhei.
Durmo. Se durmo sem sonhar, desperto
Para um espaço aberto
Que não conheço, pois que despertei
Para o que inda não sei.
Melhor é nem sonhar nem não sonhar
E nunca despertar.
Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"


VAI Um passo em frente e E de repente Um salto para trás Tenho um passado Um presente Quero sempre mais E a vida passa e passa o tempo sem esperar por nós E nós ficamos tão sem tempo Tão, somente, sós Tenho o meu mundo É bem pequeno Fecho-me por lá Sinto saudade E, na verdade Deixo-te ficar Meu coração Na tua mão Que se quebra e cai E vem o tempo Que me diz Segue a vida e vai Vai, vai Meu corpo frio Carrega as flores Que plantaste em mim Casa vazia Sem alegria Desaba por fim E a vida passa e passa o tempo sem esperar por nós E nós ficamos tão sem tempo Tão, somente, sós Vai, vai, vai, vai A noite cai A vida vai Meu corpo dói Dor que corrói A noite cai Meu corpo doi E a vida vai Vai, vai, vai, vai

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Eu sei


O que sabemos é uma gota; o que ignoramos é um oceano.
                                              Isaac Newton


Nuno Ribeiro - Longe

Eu sei, que temos tudo pra dar certo Eu sei, que só estou bem quando estás perto. Mas agora que não estás, é que eu olho pra trás E sei que é bom demais ter-te aqui… Eu sem ti não sou capaz, tudo aquilo que me dás, Faz-me sentir o que nunca senti… Só eu sei o que é, estar longe de ti, Não espero mais ninguém, Só tu vives em mim… Eu sei, que quero viver ao teu lado Eu sei… depois de nós não há passado. Mas agora que não estás, é que eu olho pra trás E sei que é bom demais ter-te aqui… Eu sem ti não sou capaz, tudo aquilo que me dás, Faz-me sentir o que nunca senti… Só eu sei o que é, estar longe de ti, Não espero mais ninguém, Só tu vives em mim… UUU…UUUUUU…UUU…UUUUUU Só eu sei o que é, estar longe de ti, Não espero mais ninguém, Só tu vives em mim…

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Novo Ano


Goodbye, Happy New Year, 2019!




A Vida


A vida é o dia de hoje,
A vida é ai que mal soa,
A vida é sombra que foge,
A vida é nuvem que voa;

A vida é sonho tão leve
Que se desfaz como a neve
E como o fumo se esvai:
A vida dura num momento,
Mais leve que o pensamento,
A vida leva-a o vento,
A vida é folha que cai!

A vida é flor na corrente,
A vida é sopro suave,
A vida é estrela cadente,
Voa mais leve que a ave:

Nuvem que o vento nos ares,
Onda que o vento nos mares,
Uma após outra lançou,
A vida – pena caída
Da asa da ave ferida
De vale em vale impelida
A vida o vento levou!

João de Deus