domingo, 15 de abril de 2018

Desculpas para depois

Algumas pessoas surgem em nossas vidas como uma bênção, outras como lição
                              Autor desconhecido 




Ivo Lucas - Banco de Jardim

Não me perguntes
Porque estou no mesmo banco de jardim (Oh no)
Se sempre que passas
Te controlas só para não olhar para mim

Não devias ter plantado
Esperança em nós dois
Se era para me teres deixado
Acolher desilusões

Não devias ter deixado
As desculpas para depois
Quando eu só pedia
Que não nos deixes ficar por aqui

Que não nos deixes ficar por aqui
Tu não deixes ficar

Não te pergunto
Porque estás no mesmo banco de jardim (Oh oh)
Se sempre que passo
Me controlo só para não olhar para ti

Não devias ter plantado
Esperança em nós dois
Se era para me teres deixado
Acolher desilusões

Não devias ter deixado
As desculpas para depois
Quando eu só pedia
Que não nos deixes ficar por aqui

Que não nos deixes ficar por aqui
Que não nos deixes ficar por aqui
Tu não nos deixes ficar

Não devias ter plantado
Esperança em nós dois
Se era para me teres deixado
Acolher desilusões

Não devias ter deixado
As desculpas para depois
Quando eu só pedia
Que não nos deixes ficar por aqui

Que não nos deixes ficar por aqui
Que não nos deixes ficar por aqui
Tu não nos deixes ficar

59 comentários:

  1. Passando a fim de conferir mais uma sedutora publicação.
    A foto da solidão do banco está magistral.
    .
    *Mulher; Flores e Borboletas, em sintonia poética (Poetizando) *
    .
    Votos de um dia feliz.

    ResponderEliminar
  2. Bom dia António!
    Desconhecia, mas gostei, da voz que canta o poema.
    O fotógrafo, que tão belas fotos faz a preto e branco, encontrei-o na blogosfera e logo ficámos amigos.
    A inspiradora frase, de autor desconhecido, vou reproduzir sem pedir:
    "Algumas pessoas surgem em nossas vidas como uma bênção, outras como lição."
    Grande abraço meu amigo.

    ResponderEliminar
  3. Sempre lindo aqui e bem inspirado! abraços, ótimo dia! chica

    ResponderEliminar
  4. Muito lindo! Eu gosto muito!
    Desejando-lhe um bom dia!

    ResponderEliminar
  5. Às vezes temos muitas esperanças em determinadas pessoas que depois, por um motivo ou outro nos deixam esperando , tristes, num banco de jardim, sem que se procupem com a nossa dedicação; saber pedir desculpas é uma mostra de humildade, de respeito pelo outro a quem, involuntariamente se ofendeu. Nem todos consegum isso. As que o conseguem são as tais pessoas abençoadas, aquelas que sabemos que nos são fiéis e que sabem reconhecer quando erram . Todos erramos e aqueles que acham que não erram são pessoas que também não aceitarão as nosdas desculpas. Para mim, pessoas a evitar. Linda foto e muito boa frase. Sempre boa música também. Obrigada, António e tudo de bom. Beijinho
    Emilia



    ResponderEliminar
  6. Belle prise, un banc est toujours une belle invitation! Bise bon dimanche tout doux!

    ResponderEliminar
  7. ... and from each man we stay with something in our soul.

    ResponderEliminar
  8. Suas palavras lembram uma canção que fez muito sucesso aqui no Brasil.
    "A mesma praça o mesmo banco,as mesmas flores naquele jardim"!
    Adorei Antonio.
    Bjs e um ótimo domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  9. o banco destaca-se Antonio na paisagem anónima! sentados nele, as pessoas tornam-se especiais, muito próximas e ligadas umas às outras por essa vivência a dois :)
    bom domingo
    Angela

    ResponderEliminar
  10. Olá, António, bonita música e letra. Mas me estendendo mais sobre a foto, digo que fotos de bancos ou cadeiras são lindas por nos levarem a pensamentos de vazio, de ausência, de solidão. Interessante como vendo uma foto assim, temos a certeza que falta alguma vida por ali. Certas coisas não foram feitas para serem sozinhas, até de um banco! Casualmente ontem assisti um documentário ótimo sobre solidão - feito em São Paulo, levado ao ar no canal News.
    Beijo.
    (deixei resp ao comentário)

    ResponderEliminar
  11. Beautiful music and lyrics. I understood little.
    Boa noite de domingo Antonio.

    ResponderEliminar
  12. Quando colocamos muitas expectativas num relacionamento é comum nos decepcionar mas é uma lição que jamais esqueceremos pois são os golpes que nos torna mais fortes
    Um banco vazio sempre nos faz pensar em ausência, numa partida, numa saudade e a foto abrilhantou a bela canção
    Um domingo feliz
    Abraços

    ResponderEliminar
  13. Se como bênção ou como lição, que sejam bem vindas; de qualquer modo depende de cada um de nós o que e como fazer com a bênção ou com a lição!

    Os bancos de jardim ou de rua, são sempre muito fotograficamente sugestivos, como aqui muito bem se comprova.

    Excelente resto de Domingo, extensível a uma magnifica semana

    Abraço

    ResponderEliminar
  14. Olá, António,
    bonita música, letra e foto!

    Parabéns pela associação e partilha.

    Adoro fotografar bancos, aqueles que encontro nos lugares mais impensáveis
    Um dia farei um post só sobre as minhas fotos de bancos.

    Sobre:
    Algumas pessoas surgem em nossas vidas como uma bênção, outras como lição!
    Fosse quem fosse que o escreveu, tinha toda a razão...

    Feliz domingo, e uma óptima semana!
    Tulipa

    ResponderEliminar
  15. Óptima junção entre a foto, música e frase mais que acertada! :) Boa semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  16. Thanks for the wonderful photo. Happy week for you.

    ResponderEliminar
  17. Não podia estar mais de acordo. Linda inspiração de domingo.
    Abraço
    Ruthia

    ResponderEliminar
  18. Perfeita a frase, pessoas que são uma benção e outras como lição são bem vindas há nossa vida, abraços.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  19. Uma frase com poucas palavras mas que diz tanto...
    Boa semana AG

    ResponderEliminar
  20. Mas que pela verdade inspirado em interessante olhar!
    Gosto do som ... bj

    ResponderEliminar
  21. De la vida se aprende; con cada paso crecemos y nos enriquecemos…

    Bello post, querido amigo. Letras, imagen y música, un placer!

    Bsoss enormes, y feliz noche!

    ResponderEliminar
  22. The bench is waiting for the two lovers to be seated on it. One of them, however, seems to be against, as sitting on the bench has brought dissappointment. So,we have a solitary bench to contemplate, and a lovely song to listen to.

    ResponderEliminar
  23. Que venham as abençoadas, com certeza essas deixarão boas lembranças. Frase bem verdadeira.
    Gostei da letra da música.
    Boa semana!
    Abraço!

    ResponderEliminar
  24. "Algumas pessoas surgem em nossas vidas como uma bênção, outras como lição" puxa, ouvi ainda hoje esta frase em uma palestra. No final, tudo na vida é para nos fazer crescer. Abraços!

    ResponderEliminar
  25. Many people do appear in our lives as a blessing indeed, so very true - they come for a reason.
    Nice seat there to rest or contemplate.

    ResponderEliminar
  26. I liked the lyrics, Antonio. 'You should not have left Excuses for later' - well said.

    ResponderEliminar
  27. Linda a fotografia! Um banco de jardim sempre sugere uma espera, um encontro, um momento para meditar...
    Também gostei da canção...
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  28. Muy bonito. Cuando la inspiración nos visita, cualquier cosa nos sirve para darle rienda suelta. Un abrazo

    ResponderEliminar
  29. Um verso verdadeiramente lindo! :))) Bom gosto na musica.

    Beijinhos molhados ;)))

    ResponderEliminar
  30. Fotografía muy simbólica con ese solitario banco presidiendo una solitaria plaza en una solitaria ciudad.
    Un abrazo,

    ResponderEliminar
  31. Um trio de emoção, frase, fotografia e música. Gostei muito.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  32. Bela foto e lindas letras e música.
    Boa semana.

    ResponderEliminar
  33. Podemos juntar a benção à lição?
    Boa semana

    ResponderEliminar
  34. Beautiful bench. I like it.
    Have a nice day :)

    ResponderEliminar
  35. Hay personas que son una bendición al caer en nuestras vidas.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  36. Boa tarde António,
    Um post fabuloso.
    Magnífica foto e música.
    Não conhecia este artista.
    O pensamento não pode ser mais real.
    Um beijinho e boa semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  37. Hola Antonio:
    Estupendas tus últimas entradas, "sempre" me encanta y como de costumbre la música es fantástica.
    Un abrazo, nos vemos!

    ResponderEliminar
  38. Combinação perfeita . Foto belíssima , frase reflexiva e música encantadora . Parabéns , sempre . Grata pela partilha . Abraços

    ResponderEliminar
  39. A imortalidade da vida mostrada em reflexo na solidão de um banco
    .
    Poema: "" Romantismo, a voz da fina cicatriz “”
    .
    Votos de um dia feliz..

    ResponderEliminar
  40. Una gran verdad... las personas somos como las olas del mar, amigo mío.

    Mil besitos.

    ResponderEliminar
  41. Gostei da foto e das suas palavras. Feliz semana.

    ResponderEliminar
  42. Se te deixas à esperar por algum motivo...talvez, por faltar de diálogo? Estás amargo Antônio ...

    ResponderEliminar
  43. Uma foto muito bonita. Adoro o preto e branco. Acho a foto mais dramática. Não tem as cores para distrair o olhar, como já conheço as cores. Então o foco fica no objeto fotografado, no contraste entre luz e sombra, nas texturas. Seja por passar mais dramaticidade ou por instigar interpretações mais profundas, a fotografia P&B sempre me encanta.
    A Frase bem verdadeira.
    A música é boa.
    Boa semana!
    Abraço!

    Escrevinhados da Vida

    ResponderEliminar
  44. That bench must have stories to tell.
    Amalia
    xo

    ResponderEliminar
  45. Ah!...não devias ter deixado...mas deixaste, e agora há que colher os frutos daquilo que plantaste!
    São as tais licões de vida, de que fala e bem, o autor desconhecido.
    Meu caro António, espero que a primavera esteja despontando por aí, para alvoroçar (e porque não? os nossos corações. Um abraço.

    ResponderEliminar
  46. Hello and how is this song beautiful dear Antonio
    bisous

    ResponderEliminar
  47. Cada vez mais posso constatar essa verdade. Mesmo que às vezes não se entenda porquê, mas tudo acontece por algum motivo.

    ResponderEliminar
  48. Buen banco para descansar y leer con tranquilidad el precioso poema

    Un abrazo

    ResponderEliminar
  49. Gosto de bamcos e este foi muito bem captado.
    O pensamento ...uma grande verdade!

    Abraço António

    ResponderEliminar
  50. Comfortable relaxed music that fits nicely with the picture. Thanks!

    Happy weekend!

    ResponderEliminar
  51. Tudo ao seu tempo, tudo em sua hora, para se recordar, lembrar e querer mais ainda.
    Um braço da amiga que tambem tem em casa um banco, tão cheio de lembranças...
    Abraços

    ResponderEliminar
  52. Muito bem. Tudo em sintonia.
    Acredito que nada no nosso caminho acontecerá por acaso; e de tudo devemos retirar iluminação para a vida.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  53. Una gran verdad esa frase a la que añadiría que alguna son ambas cosas.

    Saludos.

    ResponderEliminar