quinta-feira, 30 de março de 2017

Por de trás dos porquês


Visite 
de Francisco Oliveira 

CRU - Tens Mesmo De Querer

Abre o baú de memórias, foge do remorso,
Porque a culpa anda atrás de nós
Vê as polaroides de histórias, pesam no teu dorso
Ouço cicatrizes na tua voz
Temos marcas do que já foi, do que nunca chegou a ser
Antes da emergência do fim
Tenta libertar-te de ideias de interinidades desperdiçadas
Mas, o infinito ecoa dentro de mim

Já não podes apagar o passado que está escrito
Mas podes descrever o futuro que imaginas
Tu podes tentar criar, o cenário que defines
Mas tens mesmo que querer, tens mesmo que querer

Tira as imagens das molduras
São lembranças lancinantes, podem magoar-te
Tem cuidado, não queiras perder-te
E a vaidade podem enganar-te
É subtil, mas vai alcançar-te. Fazer-te tropeçar só mais uma vez
Tu juras que é a última vez, eu sou testemunha daquilo que vês,
Daquilo que dizes, daquilo que crês, não queiramos acreditar
Que não há fantasmas por de trás dos porquês
Há promessas que se foram, atraiçoadas pela máxima: a intenção é que conta
Palavras esvaneceram-se no ar,ar,ar, ar…

Já não podes apagar o passado que está escrito
Mas podes descrever o futuro que imaginas
Tu podes tentar criar, o cenário que defines
Mas tens mesmo que querer, tens mesmo que querer 

104 comentários:

  1. "os fantasmas atrás dos porquês"
    gosto muito desta frase :)

    dia bom, AG

    ResponderEliminar
  2. Que lindo! E a foto,MARAVILHOSA! abraços,chica

    ResponderEliminar
  3. Bellissima fotografia!
    E' vero il passato non si può cancellare, ma in gran parte creare il futuro con pensieri luminosi è possibile....poesia molto bella!
    Buone giornate e grazie per la presenza!

    ResponderEliminar
  4. Bellissima fotografia!
    E' vero il passato non si può cancellare, ma in gran parte creare il futuro con pensieri luminosi è possibile....poesia molto bella!
    Buone giornate e grazie per la presenza!

    ResponderEliminar
  5. Porquê? Mas porquê? Porque não te tenho visto na Madeira? Porquê não me visitaste? Porque é que me deixas nesta ansiedade da tua ausência?
    Porquê? Mas porquê?
    Kis :=}

    ResponderEliminar
  6. Bela foto, bem como a musica que não conhecia e adorei a letra.

    Quanto aos blogues que recomenda. Gosto e recomendo também.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. O passado ninguém apaga,mas o presente para que não se apague,temos que querer!
    Lindas palavras e video Antonio.
    Adoro as publicações do amigo Francisco.
    Bjs-Carmen Lúcia

    ResponderEliminar
  8. Bom dia, I love this sweet baby bird photo - you should know by now Antonio how much I enjoy our feathered friends!
    Mary -

    ResponderEliminar
  9. I like the pretty bird. Have a wonderful day!

    ResponderEliminar
  10. Já conheço o espaço do amigo Francisco que sempre nos contempla com maravilhas nomeadamente de Setúbal que aos poucos por essa via vou conhecendo melhor!
    Mas esta foto é um encanto amigo Gomes!
    Nada fácil obter um resultado assim tão perfeito!
    Um abraço

    ResponderEliminar
  11. Bien pillado entre el romero!!
    Un abrazo Antonio

    ResponderEliminar
  12. Não há porquês no brilho do olhar deste passarinho. :)
    Vou seguir os links.

    ResponderEliminar
  13. Excelente foto, mais uma.
    Bom resto de semana, caro António.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  14. Não conhecia a música. O pássaro é muito lindo e ainda parece jovem! :) Continuação de uma boa semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  15. Hola Antonio, preciosa foto y hermosa ave. Un fuerte abrazo.

    ResponderEliminar
  16. Oi Antônio, bt!
    A foto com o passarinho é linda. Amei!
    Como diz a música (que eu sempre considero um poema), realmente não podemos apagar um passado já escrito, mas com toda certeza podemos descrever um futuro que imaginamos. Bela reflexão!
    Quanto a torta, ela não é muito trabalhosa, mas é bem verdade que saboreá-la é bem melhor kkkk
    Bjssss amigo

    ResponderEliminar
  17. Uma imagem maravilhosa, e um video, com uma letra bem assertiva... referente a mais uma música que foi uma agradável surpresa, descobrir por aqui...
    Como frente um post formidável, António!
    Abraço! Continuação de uma boa semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  18. Letras maravilhosas e inteligente. O pássaro é bonito e eu gosto. Saudações.

    ResponderEliminar
  19. Já conheço o espaço do Chico que sempre nos presenteia com fotos reportagem sempre muito bem elucidativas.
    gostei da tua foto! não sei como conseguiste fotografar o passarito, mas ficou excelente.
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  20. The bird is excellent, looking at you, beautiful.

    ResponderEliminar
  21. Muy buena canción y es curioso que siempre digo lo mismo y eso es porque las canciones que compartes son realmente buenas. El mensaje final Já não podes apagar o passado que está escrito
    Mas podes descrever o futuro que imaginas
    Tu podes tentar criar, o cenário que defines
    Mas tens mesmo que querer, tens mesmo que querer

    no puedo estar más de acuerdo con esta estrofa final de la canción porque es futuro siempre será nuestro proyecto presente. Gracias por tu visita pasaré al blog que nos indicas.

    ResponderEliminar
  22. Muito bem apanhado!
    Pássaro no descanso :)
    bjs

    ResponderEliminar
  23. Me encanta la imagen del pajarillo, feliz en la rama y gozando de plena libertad.

    Besos

    ResponderEliminar
  24. Lindo, e a foto é maravilhosa.
    parabens
    bjs

    ResponderEliminar
  25. No se puede borrar el pasado que ya está escrito, pero tal vez con un poco de suerte se pueda enderezar el futuro, Antonio.
    Eres un poeta tu, como una catedral de grande.
    Un abrazo.
    Poetas como tu no se dan cada día.

    ResponderEliminar
  26. Bella foto del gorrión y gran canción.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  27. Linda a foto.
    Gostei da canção.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  28. foto linda e as cores sao lindas mt bonitas e a musica linda com um texo mt bonito mais hehe obrigada bjs

    ResponderEliminar
  29. Me cuesta entenderte, pero traducido pierde esencia. La fotografía es magnifica esa no precisa traducción. Un abrazo

    ResponderEliminar

  30. Boa noite.
    Bonita foto. Un pajarillo despierta nuestra ternura.

    Um abraço

    · LMA · & · CR ·

    ResponderEliminar
  31. A lovely shot of the bird, Antonio.

    ResponderEliminar
  32. Uma foto preludio da primavera en curso, eses incansables paxariños laboriosos e áxiles. A canción fala de tirar os fantasmas do pasado e imaxinar o futuro. Tal vez, as imaxes que fuxiron do meu blog, tomaron a decisión de desaparecer para non atormentarme co pasado. Mais sinto ben delas! Boa semana também para voçe. Grazas pola visita.

    ResponderEliminar
  33. Mais uma excelente captação, António!
    Também gostei da escolha musical, não conhecia; a letra é fantástica.
    Bjo

    ResponderEliminar
  34. Портрет птички трогательный и милый:)

    ResponderEliminar
  35. Bonjour bonjour je le trouve si beau cet oiseau bravo car ce n'est pas
    simple de les photographier bisous

    ResponderEliminar
  36. Le philosophe Blaise Pascal remarquait qu'il valait mieux "habiter" le temps présent. Il est vrai qu'il est plus difficile de vivre dans le présent que de se réfugier dans le passé ou d'espérer dans l'avenir...

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Blaise_Pascal

    ResponderEliminar
  37. ¡Qué bonito el pajarillo! Preciosa fotografía. Feliz fin de semana! Besos.

    ResponderEliminar
  38. En este blog, "existe siempre un lugar" para gozar de un poema y bellas fotografías.
    Saludos.

    ResponderEliminar
  39. Belo! Muito belo!
    "podes (sempre) descrever o futuro que imaginas".

    Bom fim-de-semana, amigo!

    ResponderEliminar
  40. Uma foto ternurenta acompanhada com um belo poema.

    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  41. Uma postagem deveras interessante.
    Excelente fim de semana primaveril.
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  42. Pretty shot!
    Have a nice evening!
    Gil Zetbase

    ResponderEliminar
  43. Um belo poema e uma foto linda!
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  44. Que fotografia mais amorosa!!!
    Bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  45. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  46. Wow, this bird is so beautiful :). Congratulations for this photo. Greetings!

    ResponderEliminar
  47. Wow, this bird is so beautiful :). Congratulations for this photo. Greetings!

    ResponderEliminar
  48. Lovely bird-shot. And I like video too.
    Hugs

    ResponderEliminar
  49. O poema da canção é muito bom e a foto belíssima .

    Óptima publicação .

    Um abraço , António ,
    Maria

    ResponderEliminar
  50. A wonderful bird photo and an inspiring text.
    Thank you for sharing!

    ResponderEliminar
  51. Precioso ese pajarito en primer plano, que parece mirar con tranquilidad, pues él sí que vive el presente.

    Simpatico el vídeo, una canción animosa con una lección:

    El pasado pasó con sus cosas malas y las buenas, el futuro está por escribir y ni siquiera tenemos garantías de cuanto tiempo nos quedaremos en él, así que disfrutemos del día a día, sin más.

    Un beso,

    ResponderEliminar
  52. António, meu amigo, o seu pássaro tem uns olhos lindos...apenas se vê um , dá para ver nitidamente a sua beleza! A música, para mim totalmente desconhecida mas a letra é brutal! Muito bem pensada e refletida! O passado fica, o passado marca, o passado vaticina,o passado é tudo o que vivemos; experimentamos, sentimos, pensamos... pode-se "remexer" no futuro... quando a teia do passado nos permite, se a cegueira for grande, mesmo que venha um pássaro de olhos lindos, segredar ao ouvidos novos caminhos... apontar lugares, atalhos, ser a salvação, se alma se fechou, nada a poderá reter! Há casos de surdez completa e irreversível! Pensemos naqueles que ainda sabem escutar o pássaro de olhos lindos! António, foi um prazer passar por cá! Gosto do que me faz pensar! Beijinhos e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  53. Só conheci à pouco tempo esta banda e achei-a o máximo.
    A foto está uma delícia, ou não gostasse eu de passarinhos :)
    Quanto aos blogues do amigo Francisco são mesmo de recomendar.

    Um beijinho AG

    O Toque do coração

    ResponderEliminar
  54. é uma balada engraçada António! e o passarinho está bem para a Primavera :)))

    ResponderEliminar
  55. Presque invisible sur ma tablette cet oiseau mignon.. Une photo magnifique!

    ResponderEliminar
  56. A foto é espectacular e gostei muito da canção.

    Bom domingo e Abril feliz

    ResponderEliminar
  57. Uma canção com um bom poema. Gostei muito da fotografia.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  58. Oi Antonio!
    Foto bonita e música que eu gostei, obrigado compartilhando!
    Belo domingo e uma semana fácil, amigo!
    Um grande abraço de longe!

    ResponderEliminar
  59. Uma canção linda, uma fotografia espetacular.
    Um abraço
    Maria

    ResponderEliminar
  60. Beautiful picture and I verses.
    I wish you a wonderful week.
    Greetings and hugs.

    ResponderEliminar
  61. Excelente foto! Adorei o passarinho ternurento. Linda música.

    ResponderEliminar
  62. Prezado Antonio, desculpe a demora em vir agradecer a tua amável visita, e também conhecer o teu espaço.
    Sempre apreciei a arte da fotografia, o olhar atento, observador, por vezes inquieto, com que o fotógrafo procura focar o momento certo, aquele em que a essência daquilo que é focado, se mostra. Sente-se isto no cuidado com que elaboras a tua fotografia. E vemos desfilar ante o olhar aqueles momentos do cotidiano, paisagens belíssimas, elementos da natureza, a beleza simples de um ângulo em que somente o olhar poético do fotógrafo pode ver, como a postagem anterior a mostrar a entrada de uma casa que registra a passagem do tempo em seu exterior. O detalhe da cadeira é simplesmente fabuloso. Aprecio por demais as fotos em preto e branco mostrando coisas simples, dessas que trazem ternura ao olhar.
    Muito habilidoso de tua parte associar às fotos estes vídeos e letras de músicas que casam perfeitamente nas postagens.
    Gostei também do template, outra criação tua que muito me agradou, bem como o título do blog.
    Sim, meu amigo, “existe sempre um lugar” onde podemos focar a nossa atenção e apreciar aquilo que o nosso olhar nos mostrou em beleza e importância. Como este teu blog que tanto gostei de conhecer. Já vou te linkar, para que possa visitar-te sempre que possível. Foi um prazer estar aqui!
    Deixo sorrisos e estrelas para enfeitar as horas dos teus dias, desejando que a vida te seja sempre florida.
    Helena

    ResponderEliminar
  63. Foto bela! Sim, tirar lições do passado e abraçar o futuro c garra e AMOR... Bonita música, Antonio!
    Uma ótima semana p vc e família...

    ResponderEliminar
  64. Caro Gomesamigo

    Se a Poesia não existisse tu inventava-la... Mas, lê o se segue



    31 de Março - Em Goa onde tínhamos programado (o que comuniquei às comentadoras e aos comentadores) passar mais umas belas férias. Afinal infelizmente isso não aconteceu! Resumo: passei (ámos) três meses de “férias”(?????) e as coisas não correram bem, antes pelo contrário; uns problemas de saúde (meus) - ainda que bastante graves (Ver abaixo sff) - deram origem a situação pouco feliz - que ainda persiste, mas que felizmente vai melhorando dia a dia. Irei escrevendo quando tiver a cabeça mais arrumada... Além disso no local onde estávamos não havia ligação Internet...


    ******

    1 de Abril - Parece-me que vou melhorando da recaída que tive da depressão bipolar - com ela terei de viver até ao forno crematório, pois é doença incurável. Por prescrição da minha psiquiatra Dr. Alice Nobre (a quem chamo a minha “Santa da Ladeira”) todos os dias tomo as mezinhas para o mal estar estabilizado, o que vem acontecendo.

    Vou pois andando devagarinho (sempre são 75 aninhos...) e um destes dias volto a publicar umas linhas. Aproveito para agradecer a todas/os que me acompanharam nestes momentos menos fáceis, ou seja mais duros, e sobretudo à Grande Mulher, a minha querida Raquel, que me amparou, cuidou de mim, me amou como sempre, enfim teve a paciência de me aturar...

    Da “viagem” de volta tão má ela foi que nem vale a pena contar mas, ressalto que tínhamos pedido assistência ou seja duas cadeiras de rodas, uma para mim e outra para a Raquel: as maleitas dificultavam a nossa mobilidade ou seja andar a pé, apenas registo o pior: vinte e nove dias e meio de Dabolim (o aeroporto de Goa) até ao aeroporto General Humberto Delgado, com paragens em tudo que era sítio, incluindo nove horas e meia de espera no aeroporto de Mumbai (antiga Bombaim…), com um frio de rachar pedras pois a malta da Índia adora o ar condicionado próximo do polar…. Estavam previstas cinco horas e meia… Mas havia as ditosas cadeiras…

    A Jet Airways – uma desgraça. Comida - péssima, atendimento - mau, tripulantes de cabina – trombudos. Em Paris, no aeroporto Charles de Gaulle apenas nos apareceu uma cadeira de rodas porque não havia as suficientes para acorrer aos serviços marcados, remarcados, computorizados. Não foi a primeira vez que ali isso aconteceu, maldita desorganização de uma empresa em “outsoursing” – não havia as desgraçadas cadeiras de rodas à nossa espera. Disseram-me que eram insuficientes porque eram muito caras e o acordo não tinha sido orçamentado…

    Perdi a cabeça, explodi e fartei-me de protestar; enfim veio uma – para mim – e a da Raquel perdera-se (quiçá no nevoeiro qual D. Sebastião…): Logo a minha caríssima esposa teve de palmilhar os “quilómetros” de corredores, etc. E note-se que nos próprios bilhetes estava tudo mencionado, reforçado com as comunicações feitas pela agência de viagens TopTours (impecável) Enfim uma puta de uma viagem; não torno (amos) a cair noutra...




    Qjs & abçs
    Henrique, o Leãozão

    ResponderEliminar
  65. Belas linhas amei a imagem, uma semana abençoada para você, obrigado pela visita,
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  66. "Já não podes apagar o passado que está escrito
    Mas podes descrever o futuro que imaginas
    Tu podes tentar criar, o cenário que defines
    Mas tens mesmo que querer, tens mesmo que querer "

    Belo poema, carregado de verdades e há verdades que nos vestem como uma luva.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  67. Cute :)
    M&MFASHIONBITES : http://mmfashionbites.blogspot.gr/search/label/MariaV.

    Maria V.

    ResponderEliminar
  68. Adorei a música!

    r: Recomendo :)
    Boa semana*

    ResponderEliminar
  69. Boa tarde AG!
    A música é muito boa, gostei da letra. Ainda não a conhecia.
    Uma bonita imagem, a natureza é divina.
    Boa semana e um excelente mês de abril.
    Essa semana vai ter atualização por lá.
    abraço!

    ResponderEliminar
  70. Oh this music is beautiful. The bird is also cute.
    Greetings.
    Lucja

    ResponderEliminar
  71. Me gusta la musica, es muy ritmica, Antonio. Aunque no entiendo las palabras... El pajarito es tan dulce.

    ResponderEliminar
  72. Hello, what a pretty bird. The music is beautiful too. Happy Monday, enjoy your new week!

    ResponderEliminar
  73. Bela a foto e canção...Espectacular !
    Um abraço

    ResponderEliminar
  74. Gostei muito da canção. A foto do pássaro também é muito bonita.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  75. Muy interesante entrada, bella fotografía, buena música que acompaña hermoso poema.

    ResponderEliminar
  76. Que foto mais linda! Amo pássaros!
    Boa música, tem um ritmo gostoso. Adorei!
    Uma bela postagem, como sempre, Antonio.
    Maravilhosa semana!

    ResponderEliminar
  77. Such a wonderful bird and beautiful photo.
    Best, Synnöve

    ResponderEliminar
  78. Que bellísimo pájaro cantor, con su piquito mosquitero, escondido entre la vegetación , en su mundo perfumado y musical.
    Es una maravilla:)
    Un abrazo

    ResponderEliminar
  79. Ótima postagem gostei muito, ganhou um fã abraços.

    Me segue, que eu sigo de volta!

    http://nintudo.blogspot.com.br/

    https://plus.google.com/+NinTudo/

    ResponderEliminar
  80. Boa partilha
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  81. Caro António, a passarada anda por estes dias numa azáfama tremenda. Este, o da fotografia, pousou por um instante para se recompor, e o amigo clic.
    Boa chapa.
    Abraço.

    ResponderEliminar