terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Voar


Tudo acontece exatamente quando tem que acontecer, se tivermos a capacidade de ir além do pensamento, podemos conquistar o que queremos.
 
 
 
Voo da garça
Voa
Asa solta e vento
Voa
Peito leve e alma
Boa
Beijo à solta
E o coração não cobra
Nem que grande parte disto
Doa
Eu sei que nada destoa
Entre o que em mim ecoa
E a vontade de te amar
Voa
Ensaia o voo da garça
Porque a altura não disfarça
No vazio o tempo sobra
Construída a quatro mãos
Sem ter linha de metade
Nem lugar de exposição
O voo é largo
É longa a rota
Quando é amargo um beijo adoça
E um abraço reconforta
Descemos sempre à nossa porta
Voa
No amor o tempo
Voa
Para nós nunca se escoa
Não é breve nem demora
Voa livre e como livre
Não se cansa
Não tem ontem nem agora
Não tem cá dentro ou lá fora
Haverá quem voe assim?
 

43 comentários:

  1. Oi amigo Antonio,eu sempre coloco em minhas postagens a palavra "Voar".
    Significa sermos libertos para a vida!
    Muito lindo.
    Bjs
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderEliminar
  2. Olá António

    Obrigada pelo teu comentário.

    Ando meio desaparecida, já regressei ao mundo virtual, mas ainda a "meio gás".

    A foto está uma maravilha, nem tenho as palavras certas para a descrever, pelo menos para te dizer o que ela me faz sentir,

    Sempre adorei "voar", mas ultimamente até essa capacidade está meio reduzida, mas acredito que melhores dias virão e a Primavera será decerto uma boa ajuda.

    Beijinhos
    Helena

    ResponderEliminar
  3. De ambas as afirmações tenho a certeza...resumiriam a história da minha vida!!! Adorei a foto :)
    Bjs
    Maria

    ResponderEliminar
  4. É longa a rota, muito longa mesmo... Haverá quem consiga estar tanto tempo a "voar" ?
    Abracinho meu!

    ResponderEliminar

  5. Nem sempre sou tão optimista... mas o importante é não perdermos a vontade de continuar o voo da nossa vida.
    Luís Represas tem um dom... acalma-me e dá-me material de reflexão nas letras que canta.

    (da foto hoje nem digo nada... porque até tenho medo de macular tamanha perfeição)


    Beijos alvos...
    (^^)

    ResponderEliminar
  6. Fantástica a foto!

    "Tudo acontece exatamente quando tem que acontecer, se tivermos a capacidade de ir além do pensamento, podemos conquistar o que queremos." Não podia estar mais de acordo.

    Excelente dia!
    Abraço.
    Sónia

    ResponderEliminar
  7. Foto e palavras maravilhosas! abração,chica

    ResponderEliminar
  8. Que imagem linda. Dá vontade de voar. O reflexo na água está preciso.
    Ajudar a acontecer. Ajudar os voos para tornar os pensamentos realidade.
    Bonita combinação da frase, imagem, letra da música.
    abraço

    ResponderEliminar
  9. uma imagem lindíssima.
    as palavras excelentes.
    :)

    ResponderEliminar
  10. MARAVILHOSO POETAR!! LINDA IMAGEM !!! E TE RESPONDO A SÉCULOS QUE MINHA ALMA VOA ASSIM POR UM AMOR !!! DE VERDADE !!!Pedro Pugliese

    ResponderEliminar
  11. Maravilhosa foto! Gosto muito de aves... e em voo permitem imagens fabulosas.
    Alcançar o que queremos nem sempre é fácil, mas temos o dever de tentar.
    Um abraço
    Miguel

    ResponderEliminar
  12. Boa noite António Gomes

    Concordo perfeitamente com a sua frase...

    Não conhecia esta música... Mas além de suave é calma e confortante.. Gostei muito..

    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Oi António,
    A foto é lindíssima, só que não alçamos tudo o que queremos, mesmo indo além das nossas forças, pois sempre nos defrontamos com espinhos intransponíveis.
    Sábio é aquele que consegue ser feliz com o pouco que tem e consegue rir das suas próprias idiotices.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  14. Quem não gosta de sentir-se livre... Mas as vezes a vida nos impõe certas situações em que nos sentimos presos, amarados e só nos deixa a opção de esperar... Mas sabemos que nem tudo que queremos, que desejamos vamos conseguir ter. Mas a vida segue e é nos dada outras alternativas... resta-nos aceitar ou ficamos na ilusão, frustrados e tristes. Eu quero ser feliz. Um bela postagem Antonio e a foto é belíssima. Um abraço

    ResponderEliminar
  15. Magnífica foto. Lástima que los humanos solo podamos volar con el pensamiento más allá delpensamiento.
    Abrazos

    ResponderEliminar
  16. BONSOIR et merci j'adore regarder cet oiseau
    il est si beau et c'est toujours un grand plaisir de l'observer en vol
    une si belle photo pour un très bel oiseau
    IL est livre de se poser là où il désire et il en voit de superbes paysages
    BRAVO un grand bravo
    BOISE

    ResponderEliminar
  17. Excelente fotografia para belas palavras....
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  18. Deslumbrante o espelho na água.
    Gosto do Represas.

    ResponderEliminar
  19. Olá Antonio
    Voar, flutuar, ir além e realizar os sonhos. Tem coisa melhor?
    Uma imagem soberba... pura liberdade em pleno voo
    Beijos

    ResponderEliminar
  20. ANTONIO:Belíssimo e belíssimo!As minhas asas estão muito fracas, mas...sinto a necessidade de voar....muito além e procurar a minha felicidade!Passando para desejar-lhe um maravilhoso inicio de semana.Bjs.

    ResponderEliminar
  21. Un pensamiento muy profundo sin duda.
    Un beso

    ResponderEliminar
  22. oi Antonio,

    não sei se as palavras ou se a imagem
    me encantou mais...
    voar e não perder os sonhos...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  23. Olá, António!

    O dia, pelo menos, por aqui, não está bom, agradável, melhor dizendo, mas talvez com a força da vontade e do pensamento, eu me imagine no Alentejo, À SOMBRA, que pode ser de uma azinheira, com 40ºg , no mínimo. Adoro climas e pessoas quentes, não há que ter dúvidas. Detesto pessoas de nariz empinado, como se fossem detentoras da razão toda (a razão tem sempre duas partes, mas as pessoas, esquecem sempre uma, a do outro/a) e orgulhosas, mas como se diz na minha querida província: "cá calharás".

    Analisando (desculpe, isto é deformação profissional) basta querer e crer, e tudo pode, arrisco mesmo, é possível acontecer. Há recuos, paragens e avanços, mas a vida é mesmo assim, isto é, tem de possuir cambiantes, para ter cor, sabor, ambiente

    Quanto à belíssima e característica voz de Luís Represas, pouco/muito há a dizer, porque é mesmo muto sonora, própria e melodiosa. O poema, não sei de quem é a autoria, mas o suficiente para dar mais luz aos meus olhos. Nele tudo é muito leve e tão natural, quanto a nossa própria sede. Estou, aqui, a imaginar, como será um beijo à solta, e a quatro braços, com abraços. Não falo daqueles, que atiramos com as nossas mãos, geralmente só com uma, num sopro quente e envolvente, em direção a alguém, que se vai afastando, mas estes também me roubam o olhar, então "VOO" e VOU.

    Na realidade, o "VOO DA GARÇA", que não é acentuado, o nosso voo, quando livre, consciente, a quatro mãos e decente, é sempre muito mais seguro, e no final, temos a sensação "do dever cumprido". Estamos lá, em "ti", em "nós".

    Embora eu não seja como a maior parte dos homens/mulheres que gostaria de ter a capacidade de voar, reconheço e sinto que abrir os braços, em relação a algo ou alguém, que muito desejamos, é um ato, SEM NOME, ou seja, e pegando nas palavras que deixou no meu blogue, é um ato de PAZ UNIVERSAL (plágio é crime, afirmam. Pronto, vai conduzir-me às "barras do tribunal" (estou a brincar e a alegrar o meu e o seu ambiente).

    Quanto à imagem, e como estou sem óculos (mentira), só olhei para a parte de cima da mesma, ou seja, para a linda e elegante garça, ALVA, que voa tão miraculosa e elegantemente. O que está, em baixo, "não" vi, mas também não me deve interessar, nem ter importância relevante.

    Desejo-lhe um excelente dia, e vamos lá sorrir, António, como na foto que tem no perfil do seu blogue. PROMETE?

    Abraços, com muita amizade.


    E já que estamos a falar de voos, de coisas leves...



    VOO ATÉ TI


    Desço por umas escadas de cetim

    Que tu fizeste só para mim

    De maneira única, perfeita

    Dando-me aquela segurança

    Que só tu me consegues passar

    Para chegar ao teu corpo, até ti

    Ao jeito de Julieta, serena e inquieta

    Enlevada no seu adorado Romeu.

    Segura-me o corpete, devagar

    E cheira-me, então, o cabelo

    De hortelã e alecrim, enfeitado

    Em passos leves, agraciados

    Que bailarão no Lago dos Cisnes

    Num compasso único

    Que só um amor verdadeiro

    Pode acompanhar.


    Luz

    ResponderEliminar
  24. Amigo Antonio
    Mais um instante apanhado com arte!
    Voar, para os humanos, so mesmo atraves da imaginaçao!
    Voemos, enquanto pudermos!
    Parabens pela fotografia.
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderEliminar
  25. Imagem e poema lindíssimos.
    Um abraço
    Lita

    ResponderEliminar
  26. É bom quando não perdemos a capacidade de voar... nem que seja em pensamento, deixando as letras voarem
    numa folha em branco...:-)

    O VÔO
    O corpo quieto…
    Mas o pensamento
    Esse, voa junto ao céu
    Enchendo os olhos de azul.
    Uma estrela
    Tremeluz e cai.
    És tu,
    Vou atrás.
    Deixas no caminho
    Em direcção à terra
    O teu rasto brilhante.
    Alcanço-te na corrida
    Minha estrela cadente…
    E felizes, juntos finalmente
    Pousamos nas mãos inocentes das crianças.

    Um Bj..:-)))

    ResponderEliminar
  27. " Viver é...
    Viver é uma peripécia. Um dever, um afazer, um prazer, um susto, uma cambalhota. Entre o ânimo e o desânimo, um entusiasmo ora doce, ora dinâmico e agressivo.
    Viver não é cumprir nenhum destino, não é ser empurrado ou rasteirado pela sorte. Ou pelo azar. Ou por Deus, que também tem a sua vida. Viver é ter fome. Fome de tudo. De aventura e de amor, de sucesso e de comemoração de cada um dos dias que se podem partilhar com os outros. Viver é não estar quieto, nem conformado, nem ficar ansiosamente à espera.
    Viver é romper, rasgar, repetir com criatividade. A vida não é fácil, nem justa, e não dá para a comparar a nossa com a de ninguém. De um dia para o outro ela muda, muda-nos, faz-nos ver e sentir o que não víamos nem sentíamos antes e, possivelmente, o que não veremos nem sentiremos mais tarde.
    Viver é observar, fixar, transformar. Experimentar mudanças. E ensinar, acompanhar, aprendendo sempre. A vida é uma sala de aula onde todos somos professores, onde todos somos alunos. Viver é sempre uma ocasião especial. Uma dádiva de nós para nós mesmos. Os milagres que nos acontecem têm sempre uma impressão digital. A vida é um espaço e um tempo maravilhosos mas não se contenta com a contemplação. Ela exige reflexão. E exige soluções.
    A vida é exigente porque é generosa. É dura porque é terna. É amarga porque é doce. É ela que nos coloca as perguntas, cabendo-nos a nós encontrar as respostas. Mas nada disso é um jogo. A vida é a mais séria das coisas divertidas. "

    ResponderEliminar
  28. é preciso aprender

    para lá dos pássaros

    ResponderEliminar
  29. Que bela conjugação de som e imagem...

    ResponderEliminar
  30. Tiraste com uma tele-objectiva de um sítio alto ? De um barco ? Como foi ?
    Excelente foto !

    ResponderEliminar
  31. É uma grande verdade: ir além do pensamento...

    Um abraço

    ResponderEliminar
  32. Un vuelo extraordinario y sin dudas que todo lo que anhelamos se concreta a medida de nuestras expectativas.

    Una entrada maravillosa, te deseo un hermoso jueves.
    Besos.

    ResponderEliminar
  33. Lindíssima esta música. Não conhecia. Vou publicar lá no blog. Obrigada pela partilha. Caiu tão bem a minha alma...

    Abraço

    ResponderEliminar
  34. Imagem e video...muito bonitos

    Deixo cumprimentos...
    ********************************************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  35. The translation is too bad, but I think the words are beautiful, like this bird with the shadow on the water !
    wonderful

    ResponderEliminar
  36. Tenha FÈ em DEUS!
    Não esqueça, SORRIA sempre para a vida.
    O sei sorriso pode alegrar a vida dos que te cercam,
    e a minha também.
    Deus abençoe poderosamente sua vida
    e nossa amizade também.
    Foi com imenso carinho que deixei
    dois mimos na postagem.
    Um deles é muito importante para mim
    onde a frase é ..Jesus é o Caminho.
    É uma oferta de amor.
    Que seu final de semana seja imensamente feliz
    e abençoado .

    ResponderEliminar
  37. Es una preciosa canción hecha poesía; con una música que es un deleite para los sentidos.
    Volar!!! Que bonita palabra, volar en todos los sentidos de la vida.

    Gaviota de pluma blanca!!!
    Que vuelas por la altura...
    Dime si has visto su alma!!!
    Escondida tras la luna...

    Ha sido un inmenso placer.
    Te dejo mi gratitud y mi estima.
    Un beso y se muy muy feliz.

    ResponderEliminar
  38. A imagem é espetacular, parece um óleo sobre tela, digno dos maiores pintores.
    O reflexo e a ondulação nas águas turvas, a ideia de movimento presente na foto é sensacional. Penso que Narciso ao contemplar esse reflexo, aplaudiria essa obra de arte.

    Acredito que saber esperar é ser resiliente, e talvez resida muita sabedoria nisso, entretanto, saber esperar sem agir ou investir, pode ser que nada aconteça. Sua reflexão me fez lembrar de uma canção do Chico Buarque, "Bom Conselho", lhe trago um fragmento: "Espere sentado
    Ou você se cansa
    Está provado, quem espera nunca alcança".

    E aqui, na íntegra: http://letras.mus.br/chico-buarque/85939/

    Abraço e mais uma vez parabéns pela foto!

    ;))

    ResponderEliminar