domingo, 3 de novembro de 2013

Sanlúcar de Guadiana-Espanha


O Dia Virá
Para não se perder a expectativa de melhores dias, procura-se a felicidade e não perfeição.


Não me percas
Sei que nem vais tentar entender,
Ouvir um "mas" que eu possa dizer,
Sei que nem vais olhar-me sequer,
Ver quem eu sou...


Mesmo se grito ao longe,
E te perco enquanto foges,
Acabo aqui sentado do lado de cá...

Sei que não vais conseguir ver,
Sou o que não tem mais a perder...
Sei que nem vais compreender,
Sou o que não se importa
De ficar à porta em vão...

E o dia virá, sei que devagar,
Será um só e pronto a escapar,
Passas por mim, ou finges que sim,
Prendo-te ali...

E quando estiveres bem perto,
E te toco em jeito incerto,
Faço de ti um outro pedaço de mim...

Sei que não vais conseguir ver,
Sou o que não tem mais a perder...
Sei que nem vais compreender,
Sou o que não se importa de ficar
À porta em vão...

33 comentários:

  1. an interesting perspective on this shot. nice village in the background.

    ResponderEliminar
  2. oi Antonio,

    muito lindo,
    prefiro ser feliz do que ser perfeita...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Olá António,
    A felicidade plena não existe, o que existe são momentos felizes
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  4. Una fotografía muy singular, donde la perspectiva sin dudas está al alcance de la vista!
    Preciosa entrada, bello domingo!

    ResponderEliminar
  5. Maravilhosa foto e palavras com força, verdadeiras.Ser felizes é o que queremos, perfeitos, nunca haveremos de ser! abração,chica e lindo domingo!

    ResponderEliminar
  6. exquista foto...sabe a perfeicao nao existe!!!
    abr.

    ResponderEliminar
  7. Bom dia
    Ag
    Como sempre...FANTÁSTICO...tanto na frase como na música. Adorei.

    Tenha um bom Domingo
    Abraço
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. "E o dia virá, sei que devagar,
    Será um só e pronto a escapar"
    Quem tem esta noção , certamente tentará viver em plenitude.
    Excelente fotografia.
    Abraço

    ResponderEliminar
  9. Concordo na íntegra

    Desejo um Domingo feliz
    Abraço
    *********************************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Un texto hermoso, fuerte, contundente.
    Besos del alma.
    Que tengas un hermoso domingo, lleno de luz :)

    ResponderEliminar
  11. Já lá bebi um refresco durante uma subida no Guadiana há 3 ou 4 anos!
    Gostei imenso de ter ido a Alcoutim e quero lá regressar e subir o Guadiana de novo. E ir a Sanlúcar uma segunda vez!

    ResponderEliminar
  12. Uma imagem dentro de um olhar, e o olhar dentro da paisagem... E a vida fica. Sem passar.


    Bom domingo.

    ResponderEliminar
  13. NO BLOG.
    ...Este é realmente um pedido de desculpa. Ainda tenho muito à aprender! Mas chego lá com carinho de todos..., Errar é humano, se redimir é um dever e humildade sempre...Abraços iluminados...

    ResponderEliminar
  14. Já não vou a Alcoutim há bastante tempo. Da última vez que a vi foi precisamente a partir da outra margem... :)

    ResponderEliminar
  15. Wonderful photo, as always.
    Those who seek perfection shall never find happiness.
    Happiness is in the little joys of each day

    ResponderEliminar
  16. A Felicidade não se Procura.ela está em todos os pequenos pormenores no nosso dia a dia.A Perfeição, Não existe.Pois, Ninguém é Perfeito.
    Menos PROCURA e MAIS ACEITAÇÃO.

    Belo P&B.

    ResponderEliminar
  17. Amigo, com certeza, a perfeição não existe, mas a felicidade estar dentro de nós.Bjs e um domingo de paz e felicidade.

    ResponderEliminar
  18. A sentinela de pedra, contemplando a bela paisagem, onde se evidencia as casas 'caiadas" de branco. Uma bela composição, mais uma!

    ;))

    ResponderEliminar
  19. Belo alvorecer querido !
    A imagem dissolve um grande olhar...
    bjs e bom sono!

    ResponderEliminar
  20. ✿ ❀ ✿ Un petit bonjour chez toi !
    BONNE JOURNÉE !!!
    Bises !!! ✿ ❀ ✿

    ResponderEliminar
  21. Bom dia!!! Com toda certeza do UNIVERSO, a felicidade está dentro de nós mesmos, é só alimentar esse sentimento e faze-lo crescer.
    Voltei!!
    Estava com saudade do seu cantinho, irei ver o que perdi na minha ausência, mas foi bom demais tudo o que vivi.
    O Grandão te manda um abraço forte!
    bjs
    Ritinha

    ResponderEliminar
  22. Um desapego que faz estremecer.

    Contudo, nunca poderemos abdicar de nós por ninguém.

    Primeiro o amor-próprio...só assim se consegue amar pois não se pode dar o que não se tem.

    Excelentes palavras.

    Beijos

    ResponderEliminar

  23. A perfeição? Isso não existe... mas a felicidade sente-se a cada sorriso daqueles que amamos.

    E a propósito de perder... já vi que não perdeste o teu selo. Fica ali mesmo bem.
    Bem hajas
    (^^)

    ResponderEliminar
  24. BONSOIR ELLE EST superbe ta photo j'adore cette statue de pierre aussi bise

    ResponderEliminar
  25. Nunca me siento solo o de la gente
    Me encanta.
    Pido la sabiduría para reconocer
    la presencia de Dios
    en todos los corazones humanos.
    Que mi presencia en tu blog
    Sólo voy a sembrar la paz,
    Todas las visitas, me doy cuenta
    Os dejo una semilla que el
    germinar sólo hay esperanza
    el nacimiento de su vida haciendo
    un mundo de paz infinita.
    Que la fe se expresa más grande cada día,
    y serás un ángel más para manifestar
    desarrollos que muestran el poder,
    que existe en el amor de Dios.
    Una semana bendecida.
    Besos, Evanir.

    ResponderEliminar
  26. Lindo demais,Antonio!

    Poema,foto,vídeo.

    Seu blog é nota 1000!

    Vou colocar no mosaico de parceiros do meu para divulgar.

    Está na aba direita,em "Categorias".

    Beijinhos


    Dryka



    Blog Suas Histórias Nossas Histórias

    ResponderEliminar
  27. A foto é excelente e histórica!
    Você a eternizou. Abraço

    ResponderEliminar
  28. Oi António
    Passando para agradecer o comentário no meu blog.
    Aqui chove, o dia está propício para relaxar e pensa na vida.
    Um beijo
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  29. Como se fosse possível passar aqui e não ganhar um pouco dessa felicidade encantada que recolhes por aí.
    "Sou o que não se importa
    De ficar à porta em vão..."
    Simples e, por isso, sublime!
    Um abraço enorme! :)

    ResponderEliminar
  30. Muito belo a fotografia e o poema...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderEliminar