terça-feira, 14 de maio de 2013


Pas de deux

 

No silêncio, por momentos, sinto até o teu mais íntimo pensamento. E então, nessa cumplicidade a dois, no conforto do teu ser, qual fonte do desejo, brindas-me com o prazer do teu beijo.


André Sardet  O teu calor é fogo posto

Às vezes não te sei dizer
O que me vai no coração
Já não me sai senão sofrer
O teu amor é uma prisão

Mas, se não estás, eu não consigo
E se me beijas o pescoço
Vem, meu amor, vem de mansinho
O teu calor é fogo posto

Abre-me os braços
Aperta bem que vou partir
Levo este abraço
Só para não me despedir

Só há um crime que eu confesso
Não faz de mim nenhum ladrão
Devo pagar pelo meu excesso
O teu amor que é uma prisão

Às vezes não te sei dizer
Por que me foste dar a mão
Sei que não fiz por te merecer
Mas o amor é uma prisão

E se não estás, eu não consigo
E se me beijas o pescoço
Ai, meu amor, vem de mansinho
O teu calor é fogo posto

Abre-me os braços
Aperta bem que vou partir
Levo este abraço
Só para não me despedir

Só há um crime que eu confesso
Não faz de mim nenhum ladrão
Devo pagar pelo meu excesso
O teu amor que é uma prisão

29 comentários:

  1. Linda música!! Lindo post! abraços,chica

    ResponderEliminar
  2. Bom dia Antonio, hoje estás inspiradíssimo nos brindando com esta bela imagem tão amorosa de um momento de carinho entre um casal apaixonado, que doce. Existe algo mais lindo e prazeroso que sentar, contemplar a natureza no braços de quem amamos? Com certeza Não, a não ser a doce sensação de se sentir prisioneiro de um amor correspondido. Linda canção, desejo-te um lindo e inspirado dia meu querido.

    => Gritos da alma
    => Meus contos
    => Só quadras

    ResponderEliminar
  3. Bom dia Antônio!
    É no silêncio que sentimos o amor pulsar ainda mais vibrante em nossos corações. Esplêndido!
    Uma canção belíssima. Um dia repleto de fascinantes inspirações.
    Um abraço
    Gracita

    ResponderEliminar
  4. Um poema digno de aplusos!Parabéns pela música.
    Obrigada pela visita e comentário.


    Um bom dia à você Antonio.

    Abraços-Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Oi Antônio
    Gostaria que me desculpasse. Estava logada com e-mail da escola e acabei deixando um recadinho. Quem sabe você não aproveita e me faz uma visitinha no blog da escola. Vem conhecer meu lado educadora. Sou professora de informática educativa.
    Um abraço
    Gracita

    ResponderEliminar
  6. Muito lindas as suas fotos. Obrigada por visitar o meu! Sigo seu blog. Saudações!

    ResponderEliminar
  7. Oi querido
    O amor é uma prisão de portas abertas, quando bate a saudade entramos.
    Obrigada
    LuaSingular

    ResponderEliminar
  8. Olá Amigo Antônio pra começar... a frase que colocastes é linda!

    ''No silêncio, por momentos, sinto até o teu mais íntimo pensamento. E então, nessa cumplicidade a dois, no conforto do teu ser, qual fonte do desejo, brindas-me com o prazer do teu beijo.''

    Gostei muito dessa parte da música...

    ''Só há um crime que eu confesso
    Não faz de mim nenhum ladrão
    Devo pagar pelo meu excesso...''

    Sua postagem ficou recheada de ''Intensidade''

    Beijos!!!

    Fernanda Oliveira

    ResponderEliminar
  9. Que lindo e romântico, as palavras, as imagens.
    Recentemente estava olhando uma fotografia que tirei e tinham um banco e um casal, e não me ocorreu dizer nada tão bonito. Adorei.
    abraço

    ResponderEliminar
  10. Uma captura de um momento especial. Linda letra poética, porém um tanto melancólica.

    ResponderEliminar
  11. Minha recuperação? Mais ou menos. A crise ronda meu blog... As colaboradoras estão ambas em momentos complicados.

    E seu post foi lindo, porém muito romântico para mim que estou meio desacreditada neste bichinho chamado amor.

    Bjos,


    borderline-girl.blogspot.com

    ResponderEliminar
  12. qta ternura! lindissima foto...mas o amor nao e uma prisao:)) todo o contrario:)um grande beijo

    ResponderEliminar
  13. Gosto muito da música, mas a fotografia cativou-me completamente.
    Beijos

    ResponderEliminar
  14. Um beijo no momento certo, vale mais que mil palavras.
    Adoro ser beijada.

    ResponderEliminar
  15. Muito linda a fotografia e teus escritos. Quero poder um dia ter uma foto dessas, velhinha com meu amorzinho ao meu lado. Terno e fofo! :)

    ResponderEliminar
  16. Oi amigo,
    Deixei a minha resposta quanto a sua dúvida numa escrita da minha poesia no meu blog. Passe lá pra ver...
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  17. O silencio é encantador muitas vezes, podemos observar melhor. Linda imagem e André Sardet é maravilhoso, adoro suas músicas.

    Beijão

    ResponderEliminar
  18. OI AMIGO!
    BONITA CANÇÃO MESMO.
    ABRÇS]
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  19. Vim agradecer a visita, e já percebi que existe aqui um bom lugar!
    Bjs

    ResponderEliminar
  20. Tudo muito lindo por aqui.
    Obrigada pela visita e pelo carinho.
    Volta sempre lá no meu cantinho.
    Estarei aqui.

    ResponderEliminar
  21. Belo amanhecer amigo!
    Linda canção que encanta...
    bjsssssssssss

    ResponderEliminar
  22. Ag,

    Parabéns,
    Um belissimo click, um registro encantador...

    bjx

    ResponderEliminar
  23. Oi Ag
    Muito linda a música, romântica. Sabe, antes de te conhecer eu pensava que só existia o Roberto Leal de cantor português kkkkkk, mas agora sei que existem ótimos cantores por aí.
    Bjos.

    ResponderEliminar
  24. (...)

    " Continuamos sendo ...
    Mesmo nas incertezas "


    Bruno de Paula

    ResponderEliminar