quarta-feira, 11 de março de 2015

Vem À Nascente

Ria de Alvor/Algarve

É assim que a vida deve de ser, quando um desanima, o outro agarra-se às próprias tripas e faz delas coração.
José Saramago




Pedro Abrunhosa - Voámos Em Contramão
Leva-me ao fim da montanha
Dá-me do vinho da vida
Estende o céu, faz a cama
Onde me escondo da ferida
E agora?
Somos mais fortes que o chão
Mostra-me a foz do teu rio
Vem à nascente do meu
Afasta a dor e o perigo
Porque a distância do eu
E agora?
Voámos em contramão
E há de haver outro lugar
E palavras para dizer
Quando a terra abraça o mar
É como um filho a nascer
E há-de haver outra maneira
De contar a quem não sabe
Se me dás a vida inteira
Porque só vivi metade
Leva-me de volta a casa
E abre as portas do jardim
Deita-me na tua cama
E diz que sim, diz que sim
Segue por este caminho
Apanha luas de prata
Um beijo é o nosso destino
Beijo que fere e não mata
E agora?
Somos mais corpo
Do que dantes
Não temos frio do fogo
Trazes por dentro o verão
Vejo-me em ti e descubro
Somos luz, sombras não
E agora?
Voámos em contramão
E há de haver outro lugar
E palavras para dizer
Quando a terra abraça o mar
É como um filho a nascer
E há-de haver outra maneira
De contar a quem não sabe
Se me dás a vida inteira
Porque só vivi metade
Leva-me de volta a casa
Abre as portas do jardim
Deita-me na tua cama
E diz que sim, diz que sim
Leva-me de volta a casa
E abre as portas do jardim
Deita-me na tua cama
E diz que sim, diz que sim
Leva-me de volta a casa
Abre as portas do jardim
Deita-me na tua cama
E diz que sim, diz que sim
Leva-me de volta a casa
E abre as portas do jardim
Deita-me na tua cama
E diz que sim, diz que sim

99 comentários:

  1. Foto maravilhosa e Saramago a completou com as palavras! abraços, chica

    ResponderEliminar
  2. Para essas magníficas vistas vale a pena viver. Uma bela canção com conteúdo interessante. Atenciosamente.

    ResponderEliminar
  3. A beautiful image dear Antonio, the river looks so still.
    hugs
    xoxoxo ♡

    ResponderEliminar

  4. "Leva-me de volta a casa
    Abre As Portas para jardim"
    belas palavras
    calmante
    como a imagem

    https://www.youtube.com/watch?v=7ztGudb_MH0

    ResponderEliminar
  5. Mais um lindo texto, acompanhado de um ótimo vídeo! Muito bom!!!
    Bjus

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/2015/03/entrevistando-o-novo-colaborador-arthur.html

    ResponderEliminar
  6. Que beleza!! Na citaçäo, nos versos, na fotografia! Delicadeza, sensibilidade!! ;)

    Bjoo

    ResponderEliminar
  7. No se que me gusta más, si la fotografía o las palabras del por mi muy admirado Saramago.
    La música la escucho después.
    Abrazo.

    ResponderEliminar
  8. Passei a tarde de ontem ouvindo ele e essa música fala nas entrelinhas de um sentimento não recíproco, mas é linda. Saramago expressa bem o que é precisarmos de alguém nas horas difíceis e a fotografia meu querido amigo está um show. Um carinhoso abraço. Adorei a postagem.

    ResponderEliminar
  9. Such a beautiful post...as I have come to expect when I visit this exceptional blog!
    Here is such passion...such rich imagery...oh how I love this...:)

    ResponderEliminar
  10. O pensamento do Saramago ilustrou de forma brilhante a foto belíssima
    Que vídeo lindo. Bom contar com um amigo nas horas difíceis
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  11. Oi António,
    Adorei o vídeo e a frase de Saramago veio dar mais brilho a sua foto.
    Parabéns amigo.
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  12. Boa tarde
    Excelente postadela...Amo de verdade as musicas de Pedro Abrunhosa


    Beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Linda frase de José Saramago!
    Quando um desanima o outro tem que acolher em seus braços e não
    deixá-lo desanimar,fazendo de tudo para que não chegue ao fracasso.
    Adorei o vídeo também amigo Antonio.
    BjsCarmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  14. Beautiful calm water and the poem, excellent.

    ResponderEliminar
  15. Uma foto maravilhosa!
    E quando o desânimo se instala , a única saída é tentar animar,
    pois nenhum tipo de luta se compadece com desânimos. Saramago sabia.
    Uma grande canção do Pedro Abrunhosa.
    xx

    ResponderEliminar
  16. Uma zona fantástica do Algarve !
    E a Praia do Alvor é imensa, tão imensa quanto tem de igualmente fantástica.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  17. uma foto belíssima com os azuis que eu gosto.
    a canção do Pedro é uma das minhas preferidas dele depois da "quero voltar para os braços da minha mãe
    gostei de tudo!
    beijo
    :)

    ResponderEliminar
  18. Uma paisagem que inspira muita paz. Um lugar maravilhoso e muito bem fotografado.
    Com a boa escolha da música do Pedro Abrunhosa ficou ainda mais cativante.

    ResponderEliminar
  19. Imagem subliminar para o Poema de Abrunhosa. Um convite ao recolhimento nas origens.
    Parabéns.


    Abraços



    SOL

    ResponderEliminar
  20. Los márgenes de la ría, en su perspectiva, llevan la mirada hasta más allá del horizonte. La sensación de paz y calma es enorme.
    Un abrazo,

    ResponderEliminar
  21. Olá António
    A serenidade do rio, serena sem duvida o coração.
    Um sorriso para si..:-)))
    Teresa

    ResponderEliminar
  22. Una foto llena de belleza y serenidad.
    Un abrazo Antonio

    ResponderEliminar
  23. Ah... que frase linda... adoro Saramago...
    E a foto é deslumbrante... muito bom o post...

    ResponderEliminar
  24. This is such a peaceful picture!
    Beautiful and wide landscape,
    I love it :)
    Have a beautiful day
    【ツ】Knipsa

    ResponderEliminar
  25. Olá António

    "Há de haver outro lugar", porque, "Existe Sempre Um Lugar".

    Espero que estejas sereno como as águas que sua lente captou.

    Há coisas que são tão maiores do que se pudesse supor.

    Abraços!

    ResponderEliminar
  26. Gracias por pasar por mi blog, de esta manera he conocido el tuyo y me ha encantado.
    SAludos,

    ResponderEliminar
  27. Gracias por pasar por mi blog, de esta manera he conocido el tuyo y me ha encantado.
    SAludos,

    ResponderEliminar
  28. It would be great to visit that beautiful place someday !
    Fantastic photos ! Greteings :)

    ResponderEliminar
  29. Me gusta la claridad, la profundidad, lo limpia y serena que es la imagen

    Abrazos!!!

    ResponderEliminar
  30. Lovely pic. Fine peaceful atmosphere in pic.

    ResponderEliminar
  31. Isso mesmo: por vezes temos de "fazer das tripas coração".

    Bjs

    ResponderEliminar
  32. Olá AGomes,
    É um bocado assim: andamos a voar em contramão e a fazer de tripas coração e, pior: a deixar que se torne habitual.
    A calmaria da foto contrasta com tudo o resto ;)

    abç amg

    ResponderEliminar
  33. Olá AGomes,
    É um bocado assim: andamos a voar em contramão e a fazer de tripas coração e, pior: a deixar que se torne habitual.
    A calmaria da foto contrasta com tudo o resto ;)

    abç amg

    ResponderEliminar
  34. Muy buena imagen... Me encanta como la has pensado

    ResponderEliminar
  35. Una imagen con mucha amplitud y fuerza. Muy buena, Antonio!!!
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  36. Lovely image and song.. The words are beautiful. Have a happy day!

    ResponderEliminar
  37. Voámos em contramão
    E há de haver outro lugar
    E palavras para dizer
    Quando a terra abraça o mar
    Lindo belo poema e muito bem ilustrado.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  38. Voámos em contramão
    E há de haver outro lugar
    E palavras para dizer
    Quando a terra abraça o mar
    Lindo belo poema e muito bem ilustrado.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  39. Beautiful picture! Like your header too!

    ResponderEliminar
  40. Linda foto! A serenidade da Ria inspira-nos e dá-nos força para fazer das tripas coração sempre que for preciso. E a ponte, ao fundo, que abraça as duas margens, relembra-nos o valor da amizade e do amor :)

    ResponderEliminar
  41. Excelente imagen que además transmite paz y tranquilidad, muy buen trabajo, saludos.

    ResponderEliminar
  42. Tudo lindíssimo! A fotografia. As palavras de José Saramago. A música, o poema e a voz de Pedro Abrunhosa.
    Um belo momento. Bem haja.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  43. Una belleza de foto y unas hermosas palabras. Un abrazo, Clara

    ResponderEliminar
  44. Hello,
    thanks for the nice comment.
    Your contribution is gorgeous, beautiful text.
    Greetings.

    ResponderEliminar
  45. ELLE est très belle ta photo et bonsoir ce bel espace
    c'est très reposant gros bisous

    ResponderEliminar
  46. Linda a canção do Abrunhosa. Quanto à frase, nenhum povo como o português leva a vida a fazer das tripas coração. Gostei da foto.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  47. Una buena playa Algarve, así que bonito poéma, gracias por pasar por mi espacio, un saludo.

    ResponderEliminar
  48. Calma, paz, tranquilidade juntas nesta foto.
    Saramago com Abrunhosa óptima ligação !!
    Parabéns.

    ResponderEliminar
  49. Calma, paz, tranquilidade juntas nesta foto.
    Saramago com Abrunhosa óptima ligação !!
    Parabéns.

    ResponderEliminar

  50. Preciosa ría.
    Ya sabes, me encanta el Algarve.

    Un abrazo

    · LMA · & · CR ·


    ResponderEliminar
  51. As fotos que utilizam a água como espelho são sempre muito interessantes de bater e procurar a perfeição entre o real e o reflexo !

    ResponderEliminar
  52. Logares linda como sempre mostra através de suas publicações magníficas, acompanhada por belos poemas com você transmitir a grandiosidade dos belos sentimentos.

    Mais uma vez obrigado por compartilhar suas visões fotográficas e seus gostos literários, com a gente.

    Atenciosamente e até breve, amigo .....

    ResponderEliminar
  53. Logares linda como sempre mostra através de suas publicações magníficas, acompanhada por belos poemas com você transmitir a grandiosidade dos belos sentimentos.

    Mais uma vez obrigado por compartilhar suas visões fotográficas e seus gostos literários, com a gente.

    Atenciosamente e até breve, amigo .....

    ResponderEliminar
  54. Cielo y tierra en buena armonía Antonio.Preciosa!!!
    Un beso.

    ResponderEliminar
  55. Duas belíssimas escolhas!
    A foto é de um serenidade impressionante e o músico...uma voz única!
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  56. Duas belíssimas escolhas!
    A foto é de um serenidade impressionante e o músico...uma voz única!
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  57. Très beau blog ! Je ne comprends pas le portugais mais tes photos sont très parlantes de beauté !!!
    A bientôt !

    ResponderEliminar
  58. Una imagen equilibrada y serena bien acompañada de la cita de Saramago.
    Feliz fin de semana.
    Besos!!

    ResponderEliminar
  59. Really beautiful view, there are so calm.
    Hugs

    ResponderEliminar
  60. Muito boas fotos com uma bela música! Obrigado por visitar comigo!
    Melhores desejos Michael
    Google tradutor é obrigado!

    ResponderEliminar
  61. Kaunis rauhallinen kuva, musikki hieno runo hyvin kaunis:)

    ResponderEliminar
  62. Beautiful calm image.
    Wonderful words of love.
    Hugs

    ResponderEliminar
  63. Questo paesaggio da un grande senso di tranquillità, una bella immagine! Ciao Cri : )

    ResponderEliminar
  64. nice pictures
    i am following you, please follow back
    http://melodyjacob1.blogspot.com/
    thank you

    ResponderEliminar
  65. Quand le ciel et l'eau se confondent en une belle unité !
    Dommage que je ne maîtrise pas mieux votre langue :-(
    Et le traducteur n'est pas à la hauteur :-)
    Belle continuation !

    ResponderEliminar
  66. such a wonderful place ! so quiet so nice

    ResponderEliminar
  67. Beautiful image, I love the blue sky reflected in the water.

    ResponderEliminar
  68. As suas fotografias são extraordinárias! Muito boas mesmo. Parabéns pelo talento.

    Isabel Gomes

    http://osmeusremedioscaseiros.blogspot.com

    ResponderEliminar
  69. Maravilhoso!
    Sinto que voltei varios anos atras a este lugar...mais calmo e de porta de casa encostada.
    Um abraco.

    ResponderEliminar
  70. Olá, António!

    Estive, por cá, ontem, mas já era tarde, e creio que "deu" por mim. Fez bem em ir ao "meu encontro" e dizer-me palavras sinceras e voluntárias, que percebi, lindamente, e que aceito, de muito boa vontade. OBRIGADA!

    Bem, quanto à sua publicação: comecemos, então, pela fotografia. Lembra-me uma planície imensa, linda, veja só! Os meus olhos transformam água em terra lisa, lisinha com papoilas vermelhas, preferencialmente. "É Primavera, Amor", como escreveu Florbela Espanca.

    Quanto à frase, estou inteiramente de acordo com ela. Quando alguém, sobretudo de quem muito gostamos, está a passar por um mau bocado, o "dever" do outro é fazer das tripas coração, estar sempre presente e dar a mão.

    Em relação à canção de Pedro Abrunhosa, gostei muito da letra e do seu significado. Aliás, ele que não canta, só "fala", na minha opinião, tem, todavia, uma maneira muito própria de interpretar poemas, muitos deles da sua autoria.
    A canção "casou" excelentemente com a frase que o António escolheu.

    Eu, também gosto de entender aquilo que leio, quer seja prosa, quer seja poesia, e digo-lhe, com toda a franqueza, que há postagens (não existe esta palavra no português, de Portugal), publicações em blogues, que eu não entendo, e não vou deixar um comentário do género: Lindo! Amei, demais! Soberbo! Ora, isto, para mim, não é rigorosamente nada.

    António, tem de me ensinar, por favor, a fazer comentários como os seus, ou seja, sucintos, resumidos, mas está lá tudo. Eu começo a escrever e perco-me no "jogo". Haja quem me "encontre", quem me ensine.

    Bom fim de semana.

    Um cordial abraço.

    ResponderEliminar
  71. Maravilha de foto
    parabéns AG_ amo muito suas escolhas musicais também.
    meu abraço e bom sábado

    ResponderEliminar
  72. António , parabéns pelo post . Sua foto encimando as palavras de Saramago e com música de fundo nos encanta . Agradeço a partilha . Bom final de semana . Abraços .

    ResponderEliminar
  73. A Ria de Alvor/Algarve, é fantasticamente calma...excelente para os olhos....um lugar Zen, transparece na fotografia....quando um afunda...o outro estende a mão, mesmo correndo o risco de escorregar também.... o sofrimento partilhado é um alívio da "carga" para os ombros.... a música .... tem que se lhe diga :

    "Voámos em contramão
    E há de haver outro lugar...

    Quando a terra abraça o mar
    É como um filho a nascer
    E há-de haver outra maneira
    De contar a quem não sabe
    Se me dás a vida inteira
    Porque só vivi metade

    Leva-me de volta a casa
    Abre as portas do jardim..."

    Bom fim de semana, António!

    ResponderEliminar
  74. Além de expressivo, um belíssimo poema.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  75. I like your first picture.
    A beautiful place.

    ResponderEliminar
  76. Parece que este seu post foi feito para mim tal a identificação que tenho com tudo.
    A foto magnífica e profunda, a citação e a canção que é uma das minhas preferidas do P. Abrunhosa.
    Um beijinho com o desejo de que passe um excelente fim de semana.

    ResponderEliminar
  77. Olá
    Hoje, 14/03, quando Celebramos o Dia Nacional da Poesia ( no Brasil ) vim, saudar-te, e trazer-te um pedaço da minha alegria.
    És grande, portanto, sóis poeta .
    Que o dom da luz divina, te guarde proteja.
    Um abraço, e desejos de Paz e muita Luz.

    ResponderEliminar
  78. Beleza em estado puro. Confesso que nem aprecio Abrunhosa, mas está tão bem contextualizado que ficou excelente!

    Beijo meu

    ResponderEliminar
  79. Nos acercas un bello lugar en esta buena foto.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  80. Nos acercas un bello lugar en esta buena foto.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  81. Bom dia querido amigo!
    Linda mais essa postagem.
    Vim desejar um lindo domingo
    e uma otima nova família.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  82. Um belo post, é sempre bom quando esta desanimado e ter um abraço.
    Parabéns linda imagem.

    www.gattavaidosa.com

    ResponderEliminar
  83. Assim devia ser e se não o fizer a consciência pode ficar pesada ou não!
    Agora vou ouvir o Abrunhosa.
    Um abraço de amizade.

    ResponderEliminar
  84. Foto lindíssima! Citação e canção adequadíssimas. Doutro modo, como iríamos à nascente, ao âmago do sentir para que o outro também beba dessa nascente, quando está sedento?
    Parabéns, António, pela sensibilidade.
    Bjo :)

    ResponderEliminar

  85. Gosto muito de Abrunhosa, das letras e da música que ele faz.
    Obrigada pela citação de Saramago e pela bela imagem.

    Abraço

    Olinda

    ResponderEliminar
  86. Passando para marcar presença e ler seus belos textos!... AbraçO

    ResponderEliminar
  87. Pois façamos delas coração! Óptima mensagem para começar a semana!

    ResponderEliminar
  88. Eu tenho lágrimas nos olhos ao ouvir a música e ler o seu texto. Além disso, a imagem schitternede e meu coração se encheu. Grande moot isso.
    Obrigado Ag.

    Um abraço, Helma

    ResponderEliminar
  89. Uma ponte não liga apenas margens,
    pode levar a foz à nascente e a nascente à foz.
    A tranquilidade da fotografia diz-nos isso,
    para que haja esperança em nós.

    ResponderEliminar