terça-feira, 1 de abril de 2014

Meus Sentidos


O tempo tem uma forma maravilhosa de nos mostrar o que realmente importa
 
 
Carminho e Rão Kyao - A noite gosta de mim
sei que estás ao pé de mim
Quando o tempo se repete
E o dia chega ao fim
Sem que a noite se inquiete
Nos instantes repetidos
Em que escuto o teu cansaço
sou igual aos meus sentidos
E o tempo igual ao espaço
Mas se o tempo é infinito
Quando o dia chega ao fim
Fecho os olhos e repito
A noite gosta de mim
E peço ao tempo e ao mundo
Que me seja permitido
Viver um breve segundo
Que tu já tenhas vivido
Mas se o tempo é infinito
Quando o dia chega ao fim
Fecho os olhos e repito
A noite gosta de mim
Nos instantes repetidos
Em que escuto o teu cansaço
sou igual aos meus sentidos
E o tempo igual ao espaço
Mas se o tempo é infinito
Quando o dia chega ao fim
Fecho os olhos e repito
A noite gosta de mim
 

40 comentários:

  1. O tempo é infinito e nos mostra sempre o caminho que devemos tomar.
    Lindos versos amigo Antonio.
    Bjs e obrigada pela visita.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  2. I adore that photo and the poem is wonderful.
    Time for certain shows us what matters, most.
    x

    ResponderEliminar
  3. Carminho e Rão Kyao, uma dupla excelente. A música, a voz, o poema, tudo a convidar a passar por aqui outras vezes.
    Obrigada pela partilha.
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. O tempo é sábio e nos ensina, basta termos paciência para observar e esperar os acontecimentos... e agir.
    Bjus

    ResponderEliminar
  5. beautiful song with that amazing image !

    ResponderEliminar
  6. Mais bonsoir qu'il est beau
    on dirait bien qu'il t'observe
    BRAVO
    et bonne soirée

    ResponderEliminar
  7. Oi António
    A noite é um momento único para reflexão da vida.
    Eu gosto da noite e ela parece que gosta de mim, o corpo mais descansado, jogar um pouco de conversa fora, etc... e depois dormir o sono dos anjos.
    Adorei o vídeo e a frase
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  8. A noite gosta de nós porque nos dá o silêncio e a paz necessários à reflexão e à criatividade.
    A noite dá-nos a disponibilidade que não temos durante o dia com todos os afazeres. O dia tem ruído, a noite tem
    murmúrios suaves que nos fazem companhia.
    Adorei a foto, e obrigada por partilhar essa música que não conhecia.
    Um abraço, António.

    ResponderEliminar
  9. Boa noite Antonio Gomes

    Linda frase de reflexão... Gostei, é uma verdade!
    Não conhecia esta musica, e por isso, tomei a liberdade de a levar comigo.. lool Desculpe.

    Tenha uma noite feliz
    Beijo

    ResponderEliminar
  10. FALÁ SÉRIO HERCULANO !!! QUE COISA MAIS LINDA !!! MUITO LINDO MESMO !!! E DE UMA PROFUNDIDADE ENORMEEEEEEE !!! PARABÉNS !!! LINDA Pedro Pugliese

    ResponderEliminar
  11. Não sei porque gosto tanto da noite...a verdade é que ela parece ser minha inimiga.

    Excelente retrato!

    Abraço

    ResponderEliminar
  12. Prefiero la noche, al dormir se desvanecen las preocupaciones del día
    y es hermoso ver las estrellas.
    Simpático el buho medio dormido.
    Un saludo!

    ResponderEliminar
  13. Muy interesante tu fotografia,antes esas aveas abundaban,pero al dia de hoy quedan muy pocas

    ResponderEliminar
  14. Oi Antonio! Eu acho que está piscando! Fotografia bonita!
    Um grande abraço

    ResponderEliminar
  15. Gosto dela, da Carminho, uma linda voz e uma belíssima letra. Agora me diz como conseguiste fotografar esta coruja, acho tão difícil fotografar aves.

    Abraço deste lado do oceano.

    ResponderEliminar
  16. Ya lo creo que si, nos hace madurara y con ello dar valor a lo que realmente importa, preciosa fotografía.
    Un beso

    ResponderEliminar
  17. Oi, António!
    Não consegui acessar o vídeo, pois a casa dorme e estou sem fone. Ah, eu gosto da noite e ela de mim. Acho.
    É que às vezes ela some e dou de cara com o raiar do dia! Vai saber para onde foi a danada! :D
    Mas deixemos de brincadeiras! Gostei de poder estar em seu blogue e conseguir comentar.
    Boa noite!!
    Beijus,

    ResponderEliminar
  18. Uma música com letra que gostei muito.
    Uma sensibilidade impar.

    Beijo

    ResponderEliminar
  19. uma bela citação para uma foto muito boa, parece que a ave está a sorrir.
    a música e letra uma boa escolha.
    beijo

    :)

    ResponderEliminar
  20. Lindo post! Uma música tocante e com muita mensagem...
    Um abraço e muita paz...
    Boa 4ª feira...

    ResponderEliminar
  21. A vida é um eterno recomeço,
    uma viagem que se inicia,
    e não devemos perder a esperança
    temos que continuar,
    mostrando a todos a nossa fé,
    e a nossa capacidade de refazer o que se desfez,
    e reconstruir o que se perdeu.
    Muita paz para sua vida.
    Beijos e meu eterno carinho.
    Evanir.
    Linda postagem a musica completa tudo.

    ResponderEliminar
  22. Duas gerações....dois artistas fantásticos....
    Quanto à foto.....assim não vale....ela estava distraida...
    Parabéns
    Abraço

    ResponderEliminar
  23. oi Antonio,

    que foto linda...
    o tempo é perfeito!!!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  24. Oi António
    Que todos os dias vindouros sejam melhores do que o dia de hoje.
    Obrigada pelo carinho
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  25. Olá Antonio,obrigada pela visita e comentário tão gentil.
    Bjs e um ótimo dia.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  26. Um foco especial o seu. A foto ficou ótima. Quando lemos versos de uma canção temos maior capacidade de absorver o sentido das palavras. Gostei dos que escolheu. Abraço.

    ResponderEliminar
  27. Kaunis laulu ja upea kuva pöllöstä :)

    ResponderEliminar


  28. E minha cama me ama! Ela sabe o quanto ando cansada.... beijo meu travesseiro muitas vezes, isso quando não encontro, confortavelmente, uma gata gorda no meu lugar.

    Bjs

    ResponderEliminar
  29. Ai que linda, fiquei maravilhada..adorei os versos..

    ResponderEliminar
  30. Sempre boas conjugações por aqui... :)

    ResponderEliminar
  31. Preciosa fotografia
    Antonio y tus versos colmados de profundidad y creatividad.
    Un fuerte y cálido abrazo amigo.

    ResponderEliminar
  32. Mais uma linda postagem,parabéns.!!
    Obrigado pela gentil vst!!
    Abraço

    ResponderEliminar
  33. Até parece que ela está a piscar o olho rsrsrrs
    Bela imagem.
    Abraço

    ResponderEliminar
  34. Amigo António
    Os nossos sentidos não nos enganam.
    Só precisamos de estar atentos!
    Esse símbolo da sabedoria que tão bem fotografou, com a sua serenidade, dá-nos um bom exemplo!
    Parabéns por mais este bom trabalho.
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderEliminar
  35. Olá António!
    É verdade sim, o tempo ensina-nos a degustar com calma e sabedoria todos os momentos bons com que a vida nos presenteia..:-))
    Não sei se a noite gosta de mim... mas eu gosto da noite, no silêncio da noite, eu gosto plantar os meus pensamentos, ouvir musica, pintar. eu gosto de "ouvir" o silencio...acho que quem sabe ouvir o silencio, sabe ouvir tudo..:-))
    Este fado é lindo.
    Um Sorriso para si..:-))
    Teresa

    ResponderEliminar
  36. Me encanta el búho nival.. Muchas gracias por tu amable comentario.. Saludillos españoles..

    ResponderEliminar
  37. A noite gosta de mim, parece dizer a coruja.

    Excelente fotografia e boa escolha musical !

    beijinho

    ResponderEliminar