sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Consciência


Onde subsiste tanto querer, tanto desejo, alguém vai sofrer, a causa é consciência errada, onde nenhuma palavra certa desfaz a errada.


Desespero
Desespero... O mar turva-se aos meus olhos
Porque o céu amua com a terra e entristece
Desespero... Roça a minha fantasia
A língua da serpente e o meu céu não amanhece

Rasga a seda do meu sonho
Toma-me em teus braços nos instantes do delírio
Rasga o ventre do teu dono
Com a sinfonia nos compassos do martírio

Salva-me...
Amor salva-me
Estrela sensual que o meu céu seduz
Amor salva-me...
Vem e salva-me
Olhar tropical que ao meu olhar dá luz

Desespero... Mordo a minha consciência
Em três Avés Marias onde salvo a existência
Desespero... Estendo a minha cobardia
Nos lençóis de linho onde existe a tua ausência

Sopra o vento
E o pensamento teima em persegui-lo num perfeito desatino
Rola o tempo
E o coração aceita as leis da vida, indiferente ao seu destino

29 comentários:

  1. Somente aguardar que o amor salva tudo!

    Muito lindo.

    bjs amigo Antonio e um ótimo final de semana.

    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde
    Tenho uma coisa a dizer! Musica EXCELENTE... Como se pode ter tão bom gosto musical.
    Concordo com a frase..
    Parabéns pelo bom gosto. Merece ser salvo pelo Amor! loool

    Abraço

    Visite-me:

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Uma das melhores músicas e interpretações de Jorge Fernando

    Fantástico

    Deixo abraço
    ***************************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Olá Luciana

    Adorei conhecer seu blog!

    Adoro a música produzida em Portugal, são poéticas, vocês tem muitos bons músicos.
    Ampliarei minhas descobertas musicais por aqui. Esta é linda,e ouvi outras logo abaixo que ainda não conhecia, também lindas.

    Um abraço!

    ResponderEliminar
  5. Bonsoir rien de simple pour moi en lisant la traduction mais j'aime tes lignes et cette photo
    aussi
    AU désespoir quand tu es là***********

    ResponderEliminar
  6. Ual... Excelente postagem!

    Bom final de semana.

    Abraços

    ResponderEliminar

  7. Olá Antônio,

    A música é linda. A letra é um encanto de poesia.
    Tudo por aqui está em perfeita sintonia: pensamento, foto e música.
    Adorei sua postagem.

    Excelente final de semana.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  8. Boa noite António,
    Se o amor perdura na incerteza, no deixar pra depois, alguém com certeza irá chorar. Será um choro que lavará seu coração do desamor e da má querência e o desengano.Nada e nem ninguém mudará palavras que foram proferidas.
    Vídeo lindo, mas muito triste...
    Obrigada
    Abraços
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  9. Mucho que desear, mucho por sentir

    linda foto de un hombre analizando.

    Un saludo

    ResponderEliminar
  10. que musica...que olhar...mais uma esplendida foto!!!!!!!!!!!!!!!!!
    abracos

    ResponderEliminar
  11. essas ausências que nos inspiram tanto..

    bjs.Sol

    ResponderEliminar
  12. ✿✿·.

    Foto muito expressivo!
    Consciência é o que falta no nosso mundo.
    Bom fim de semana!
    Beijinhos do Brasil.¸¸
    .•°♡♡

    ResponderEliminar
  13. A expressão do rosto na foto e a música, retratam bem o desespero.
    Adorei o ritmo (as batidas) da música, me deu vontade de dançar.

    ResponderEliminar
  14. Oi António
    Hoje eu recebi uma visita na minha casa. Que chato, não quis entrar...
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  15. Carinhosamente passando para
    desejar um feliz e abençoado Domingo.
    Sem falar das saudades , que tenho no coração.
    A vida tem dessas coisas de vez em quando
    testa nossa fé e força para lutar.
    Beijos no coração carinhos e afagos na sua alma.
    Evanir.

    ResponderEliminar

  16. A consciência esbarra, muitas vezes, com a inconsciência...

    Beijo.

    Laura

    ResponderEliminar
  17. brain storming ? beautiful portrait
    have a wonderful sunday

    ResponderEliminar
  18. ¿Quién no se ha sentido así alguna vez?
    Hermosa entrada y selección musical , bello sábado!
    Abrazos infinitos.

    ResponderEliminar
  19. Je viens te faire un petit coucou !
    J'aime cette publication !
    J'en profite pour t'envoyer de GROS BISOUS en direct d'Asie
    et bon dimanche ! :)

    ResponderEliminar
  20. Que poesia mais linda! Gostei muito do tema do desespero. Falamos pouco sobre isso, mas todos conhecemos o momento.
    Bem falado.
    Beijos

    ResponderEliminar
  21. NA BRILHA, in A APOLOGIA DO SILÊNCIO (ed. da Autora, 2012)

    O SILÊNCIO E A PALAVRA

    " Tu és o silêncio,
    Eu a palavra,
    Mãos que se trocam
    De encontro ao rosto
    Porque tudo é breve.

    Não sei o nome da tua tribo
    Mas deixei-te entrar
    No meu abraço,
    Contra todas as leis,
    Mesmo a do bom senso.

    Se amanhã fores,
    Se tiveres de ir,
    Não demores a partida.
    Pega na minha mão estendida
    E leva-me
    Para onde eu possa esquecer o meu nome."

    ResponderEliminar
  22. " As palavras proferidas pelo coração não têm língua que as articule. Retém-nas um nó na garganta e só nos olhos é que se pode ler. "

    (José Saramago)

    ResponderEliminar
  23. Mas, como todo sentimento conflitante, esse desespero vai passar.
    Haverão novos dias e dias repletos de contemplaçoes, sonhos melhores e a realidade infinita de amor e paz.
    bjs
    Excelente semana
    Ritinha

    ResponderEliminar
  24. Excelente trabalho, o Blog bem esquematizado, fotos espectaculares assim como as músicas que as acompanham . Adorei
    Um abraço

    Nita

    ResponderEliminar


  25. ذاوشاح الفن جميلة,وكنتتريدأنيكونله,ويأتيلموقعناعلىالإنترنتخ,

    ResponderEliminar

  26. لديناالصنعةالجميلةمجوهرات,ذاتجودةعالية,كانيتاجربعيداأفضلخيار

    كل فستان الدانتيل الأسود

    ResponderEliminar