segunda-feira, 25 de maio de 2015

Alma


A solidão infinita esvazia a alma



Não se perdeu nenhuma coisa em mim

Não se perdeu nenhuma coisa em mim. 
Continuam as noites e os poentes 
Que escorreram na casa e no jardim, 
Continuam as vozes diferentes 
Que intactas no meu ser estão suspensas. 
Trago o terror e trago a claridade, 
E através de todas as presenças 
Caminho para a única unidade. 

Sophia de Mello Breyner Andresen

87 comentários:

  1. U&m verdadeiro show!Adorei! abraços,chica

    ResponderEliminar
  2. Eu podia ver nenhum fim a estas flores. Linda.
    tenha um bom dia
    abraços

    ResponderEliminar
  3. Lindos versos e vídeo.
    As flores não deixam essa solidão tão vazia dentro d'alma.
    bjs Antonio e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  4. Bellissima poesia! La solitudine a volte può essere un modo per riscoprire se stessi! Splendida foto!
    A presto ... Dream Teller ^^

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde Ag

    Maravilhosas as imagens...Excelente poema, adorei.

    Excelente semana. Beijos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Por vezes aparecem assim solitárias... algumas flores... mas, naõ deixam de ter uma beleza ímpar!
    Abraço

    ResponderEliminar
  7. As vezes basta uma simples florzinha para nos despertar!
    Linda postagem Antonio.
    Abraços, e um ótimo dia!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  8. Hola Antonio ! Bellísimo post.
    Hermosos versos y encantador video.
    Un abrazo inmenso !
    ¡Feliz lunes !

    ResponderEliminar
  9. La soledad es un arma de doble filo..
    Cuando es buscada se puede estar en ella sintiendose en armonía con el alma.
    En cambio cuando no lo es ... La resquebraja.

    Un abraz✳

    ResponderEliminar
  10. Very beautiful!
    Have a great evening!
    Natallia Jolliet
    http://www.alexphotographygeneva.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  11. Espectaculares as escolhas, AG!
    Confesso que já tinha este vídeo debaixo de olho, há algum tempo... e qualquer dia coloco-o por lá no meu canto. Adoro esta faixa do Rodrigo Leão!
    A sua imagem, na sua grandeza e simplicidade, enche-nos a alma... e o remate, com as palavras de Sophia, é a cereja no topo...
    Como sempre, alta qualidade, por aqui!...
    Parabéns, AG! Abraço! Uma excelente semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  12. Puede que la soledad vacíe el alma pero esta musica, estas palabras llenan el espiritu.
    Hacía mucho que no escuchaba a Rodrigo Leao.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  13. Um pensamento lindo e um vídeo espetacular...aliados a um magnífico olhar e uma poesia soberba!
    Boa semana!!!

    ResponderEliminar
  14. Un trabajo estupendo Antonio, muy bonito el bokeh desaturado.
    Saludos

    ResponderEliminar
  15. uma foto simples e excelente
    um video lindíssimo
    não concordo muito com a citação
    um post muito bem elaborado
    boa semana.
    beijo
    :)

    ResponderEliminar
  16. Beautiful, Antonio! Excellent composition!

    ResponderEliminar
  17. Gostei muito do vídeo e da poesia.
    Um blog excelente!
    Deixo um abraço e desejo de uma excelente semana.

    ResponderEliminar
  18. A solidão infinita esvazia a alma do que lhe faz bem, e preenche-a
    de um peso escuro que não consegue discernir beleza em coisa alguma.
    A solidão infinita só acontece com quem não aprecia a sua própria companhia.
    Mas um dia a claridade surge, e o ser que era vem à tona, como demonstra o belo poema da Sophia.
    Juntando uma bela flor, a música do Rodrigo Leão, e a Sophia, não há solidão infinita. :-)
    Boa semana, António. E até à próxima!
    xx

    ResponderEliminar
  19. That's beautiful.
    Wishing you a wonderful week.

    ResponderEliminar
  20. Me gusta como has destacado esa solitaria flor sobre el fondo desenfocado y esos desaturados selectivos.
    Un abrazo,

    ResponderEliminar
  21. Olá António

    A solidão por si só já é o vazio de si mesmo.
    Penso que não é o ato de estar sozinho, a causa da solidão. É o estado de estar vazio.

    Não sei mensurar o quanto gosto da música de Rodrigo Leão, em especial esta (e tantas outras)
    Não sei mensurar muita coisa, deve ser por isso que escrevo.

    Obrigada! Boa semana para você!

    ResponderEliminar
  22. Lindo, AG !!!

    "Não se perdeu nenhuma coisa em mim.
    Continuam as noites e os poentes
    Que escorreram na casa e no jardim"...
    Amo a poesia de Sophia.
    E a imagem é outro poema!!
    Parabéns!. :)
    Lau

    ResponderEliminar
  23. Lindo, AG !!!

    "Não se perdeu nenhuma coisa em mim.
    Continuam as noites e os poentes
    Que escorreram na casa e no jardim"...
    Amo a poesia de Sophia.
    E a imagem é outro poema!!
    Parabéns!. :)
    Lau

    ResponderEliminar
  24. A poesia da Sofia de Mello Bryner: gosto muito :)
    lindo vídeo dessas flores que parece uma sinfonia!

    boa noite
    Angela

    ResponderEliminar
  25. Flores,sempre vem pra iluminar AG
    _ e quando são amarelas esparramam seus reflexos como só o sol ...
    Poeticamente,lindo !

    ResponderEliminar
  26. Pretty poem and a lovely flower! Have a happy day and week ahead!

    ResponderEliminar
  27. A solidão pode ter duas faces, uma de perda, outra de reencontro com o nosso eu.

    ResponderEliminar
  28. Good morning,
    This beautiful yellow flower fills the soul with beauty, so that loneliness will give way.
    Have a happy monday.

    ResponderEliminar
  29. Bom dia. Trazrmosvem nós diversas sensações que se de forma distinta.
    Não somos uma coisa só, somos dúbios em nosso caminhar, sempre o seremos.
    Concordo e aplaudo.
    Linda semana de paz.
    Beijos na alma.

    ResponderEliminar
  30. Bom dia. Trazrmosvem nós diversas sensações que se de forma distinta.
    Não somos uma coisa só, somos dúbios em nosso caminhar, sempre o seremos.
    Concordo e aplaudo.
    Linda semana de paz.
    Beijos na alma.

    ResponderEliminar
  31. Si es infinita la soledad...puede que vacié el alma. Todo tiene que tener su medida.
    Preciosa fotografía.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  32. La Soledad bien asentada es como el perfume de las flores en un amanecer soleado.


    Un Abrazo.
    Gracias.

    ResponderEliminar
  33. Sensacional...
    Muito linda a foto...e a música muito maravilhosa.....o vídeo um show de imagens....!!!!!
    Queria ouvir a letra cantada.....

    ResponderEliminar
  34. Preciosa fotografía!!!

    Un saludo, Ángel

    ResponderEliminar
  35. Superb image António, and pretty poem.

    ResponderEliminar
  36. Verdadeiramente um clipe maravilhoso de flores de brotamento. A música faz insistir em que você olhar cuidadosamente sobre isso é grampeamento :-) realmente fantástico.

    Saudações

    ResponderEliminar
  37. Koskettava runo ja video niin todella kaunis!

    ResponderEliminar
  38. Bellísima fotografía.
    Igual que el video y el poema.
    Hacia tiempo que no te visitaba
    Te dejo un fuerte abrazo.

    ResponderEliminar
  39. Dear A.G.
    Your photo of the yellow flower is beautiful, lovely words and many gorgeous flowers on the video.
    hugs
    xoxoxo ♡

    ResponderEliminar
  40. That's awesome!!!
    Have a great day!
    Natallia Jolliet
    http://www.alexphotographygeneva.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  41. So beautiful pic.
    Have a nice week :)

    ResponderEliminar
  42. Há sempre um lugar

    e há sempre um momento em que nos apetece ver com alma certos sitios

    Este é realmente um sitio que me dá prazer visitar


    Parabéns

    ResponderEliminar
  43. Such a beautiful poem...and image.
    Always a real pleasure to visit!

    A Hug :)

    ResponderEliminar
  44. So beautiful photo! Beautiful poem and beautiful video!

    ResponderEliminar
  45. Todas as suas fotos são maravilhosas. Adorei esta também. O mesmo digo do poema. Amo Sophia de Mello Breyner.

    Abraço.

    Isabel Gomes

    ResponderEliminar
  46. Espantosa composição fotográfica (eu sou suspeito, mas sei do que gosto).
    Parabéns.


    Abraços


    SOL

    ResponderEliminar
  47. Hello Antonio!!
    What a beautiful flower!
    Gorgeous pictures!
    Wonderful video and amazing poem!!
    Have a sunny week!
    Dimi...

    ResponderEliminar
  48. Boa música. Sensível. Belas flores em vídeo. Eu gostei muito.
    Embelezar o final de maio para você.

    ResponderEliminar
  49. Gosto muito de tudo o que ele faz.
    Desejo que o amigo se encontre bem.
    Abraço amigo.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  50. amazing photo and an interesting quote. I will empty my soul to God:)

    ResponderEliminar
  51. AG, escolheu um dos músicos que mais aprecio, um fotografia magnífica, uma frase que concordo em absoluto e para finalizar a poesia de uma das nossas maiores poetas.
    Portanto , parabéns!

    um beijinho

    ResponderEliminar
  52. Tudo lindo! Os versos de Sophia, as flores do vídeo, sua foto.
    Dizer que uma solidão é infinita parece-me trágico. Uma despedida de si mesmo. Abraço.

    ResponderEliminar
  53. Belissima postagem

    Beijos- visite-http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  54. Hola, gracias por pasar por mi blog de fotos y por tu comentario.

    Siguiendo tu huella llegué a este lugar hermoso, lleno de música, poesía y muy buenas fotos.

    Me encantan sobre todo las fotos que tienes de animales, cómo los miras, como los encuadras...muy hermosas, y las que tienen como protagonista el mar.

    También disfruto leyendo y oyendo portugués, un idioma que amo, que entiendo bien y leo, aunque no soy capaz de escribirlo.

    Un beso,

    ResponderEliminar
  55. Um belo e sensível poema que foi lindamente acompanhado dessa bela flor e vídeo!!
    Abraços Antônio

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  56. Boa noite!
    Encantada com o vídeo, a música me tocou imensamente.
    Que foto linda e palavras, obrigado pelos instantes.
    Abraço!

    ResponderEliminar
  57. Espectacular foto e bom poema.

    Saudações

    ResponderEliminar
  58. Fotografia com alma, a sua, certamente, vídeo com flores que se harmonizam ao som da excelente música e poema de Sophia de Mello Breyner, um tanto contraditório, como é próprio dos poetas, mas, nem por isso menos significativo. Depois de encontros e desencontros, sóis e luas, risos e prantos, queremos voltar ao ponto de partido, ao início. Somos e procedemos, assim, e nada a fazer.

    No entanto a vida é muito bonita, estamos apaixonadíssimos por ela, pelo seu brilhante e contagiante olhar, pela frescura e loucura do seu sorriso, pelo odor sagrado da sua pele e mandamos-lhe fores, sempre que possível, como forma de agradecimento e pelo arrebatamento que por ela sentimos.

    Paixão. Será? Não vale a pena pensar nisso agora, nem quanto tempo durará, porque temos de viver cada momento intensa e perdidamente, e só assim, fará sentido.

    A solidão é inimiga, é rival da paixão, portanto, enchamos a alma de presenças, de realidades, de gestos, de abraços com laços, de desejos com beijos, que nos façam sentir bem, que nos tornem disponíveis e sensíveis para o agora, para o amanhã, para o sempre.

    VIVER, DE FACTO, É UMA PAIXÃO!

    Abraço vital.

    ResponderEliminar
  59. Retificando: mandamos-lhe FLORES.

    Fique bem, apaixonado!

    ResponderEliminar
  60. Um poema soberbo, uma fotografia que me apeteceu 'roubar'.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  61. A solidão é assustadora.


    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  62. A solidão é assustadora.


    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  63. Vim espreitar as novas fotos e desejar um bom fim de semana.
    Pinta

    ResponderEliminar
  64. intéressant jaune parmi ce gris du fond

    ResponderEliminar