domingo, 16 de agosto de 2015

Escolha

Em todos os momentos existe uma escolha.



Rui Veloso - Não há estrelas no céu

Não há estrelas no céu a dourar o meu caminho,
Por mais amigos que tenha sinto-me sempre sozinho.
De que vale ter a chave de casa para entrar,
Ter uma nota no bolso para cigarros e bilhar?

A primavera da vida é bonita de viver,
Tão depressa o sol brilha como a seguir está a chover.
Para mim hoje é Janeiro, está um frio de rachar,
Parece que o mundo inteiro se uniu para me tramar!

Passo horas no café, sem saber para onde ir,
Tudo à volta é tão feio, só me apetece fugir.
Vejo-me à noite ao espelho, o corpo sempre a mudar,
De manhã ouço o conselho que o velho tem pr'a me dar.

Vou por aí às escondidas, a espreitar às janelas,
Perdido nas avenidas e achado nas vielas.
Mãe, o meu primeiro amor foi um trapézio sem rede,
Sai da frente por favor, estou entre a espada e a parede.

Não vês como isto é duro, ser jovem não é um posto,
Ter de encarar o futuro com borbulhas no rosto. 
Porque é que tudo é incerto, não pode ser sempre assim, 
Se não fosse o Rock and Roll, o que seria de mim?

68 comentários:

  1. Um dia muito nublado!
    Gosto de Rui Veloso.

    ResponderEliminar
  2. Hola querido Antonio.
    Nieblas por doquier. Acá también.
    Un abrazo gigante.
    ¡Feliz domingo !

    ResponderEliminar
  3. Nice cloudy day. And lovely photo.
    Hugs

    ResponderEliminar
  4. Mesmo um dia "cinzento" pode dar origem a excelentes fotografias.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  5. Uma excelente fotografia comum aspecto misterioso.
    Gosto muito desta canção do Rui Veloso.
    Um abraço e bom Domingo.

    ResponderEliminar
  6. Bem interessante seu olhar em que a pouca nitidez adensa o mistério!!!
    gosto deste tema!
    Resto de um domingo bem BOM!!!

    ResponderEliminar
  7. Esas elecciones perfilan cada día de nuestra vida... Como matices entre niebla y sol, entre pensamientos y voz.

    Un abraz✴

    ResponderEliminar
  8. Siempre la hay tan solo hay que elegirla, un feliz domingo.

    ResponderEliminar
  9. Na vida as escolhas são inevitáveis! abraços, lindo dia! chica

    ResponderEliminar
  10. Oi António
    Cada um é o que quer ser, se ele quer que a neblina escura como sua companheira que seja ou vai comprar uma guitarra e tocar Rock and Roll.
    Beijos
    Dorli Ramos

    ResponderEliminar
  11. Hola!Muy bonitas fotos!Es un caballo en la fotografia?Me gusta mucho:))

    Saludos Anita

    ResponderEliminar
  12. En la vida muchas veces no queda otra elección que seguir adelante, aunque la niebla no nos deje ver el camino.
    Un saludo, preciosa foto.

    ResponderEliminar
  13. Muito lindo Antonio.
    Passando para agradecer pelo seu voto lá no Ostra.
    Bjs e obrigada.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  14. Escolhas são inevitáveis. Que tenhamos o discernimento para fazer boas escolhas porque as más trazem muitos dissabores. Linda melodia e a letra é espetacular
    Um ótimo finalzinho de domingo
    Beijos no coração

    ResponderEliminar
  15. Acertada elección de ese encuadre con una atmósfera preciosa.
    Un abrazo Antonio

    ResponderEliminar
  16. sempre gostei desta canção :) é uma paz da alma

    bom fim de tarde
    Angela

    ResponderEliminar
  17. Dia muito cinzento, bom para fotografar , a música vem animar este dia disfarçado de inverno :)))
    bjs

    ResponderEliminar
  18. I like what you said about there always being a choice. It is very powerful and the image you put up is so beautiful.
    www.lisarusso.com

    ResponderEliminar
  19. Postagem maravilhosa!

    Beijinhos e boa semana.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  20. Olá, AGomes
    Estamos sempre a fazer escolhas, mesmo sem ter a consciência disso.
    O tempo está muito cinzento.
    abç

    ResponderEliminar
  21. la niebla hace la foto misteriosa.
    un abrazo

    ResponderEliminar
  22. As vezes nao temos escolhas... a vida escolhe por nos...

    ResponderEliminar
  23. Gomesamigo

    Foto = espantosa

    Canção = destemida

    Conclusão = O voto é a arma do Povo!

    Se não optarmos bem e não votarmos bem, ficam os mesmos e está o caldo entornado...

    Abç do Leãozão

    ResponderEliminar
  24. Gomesamigo

    Foto = espantosa

    Canção = destemida

    Conclusão = O voto é a arma do Povo!

    Se não optarmos bem e não votarmos bem, ficam os mesmos e está o caldo entornado...

    Abç do Leãozão

    ResponderEliminar
  25. Un ambiente difuminado por la niebla perfectamente captado y que induce a pensar, más que en la niebla física, en la bruma de los recuerdos a través del tiempo. En cualquier caso, fotográficamente, una muy buena elección.
    Un abrazo,

    ResponderEliminar
  26. Escolher o que se vê, porque "não há estrelas no céu".
    Abraços

    ResponderEliminar
  27. Oh how absolutely beautiful...I feel I could disappear into this wonderful fog and leave all my worries behind.

    Have a great week, my friend!

    A Hug :)

    ResponderEliminar
  28. Escolher bem para não arrependermos depois...
    Espetacular tua postagem.
    Beijos, uma abençoada semana.
    Mariangela

    ResponderEliminar
  29. AG

    gosto um bocado do Rui Veloso «Passo horas no café, sem saber para onde ir»

    sou assim, de vez em quando.

    abra
    aço.

    ResponderEliminar
  30. Me gusta el ambiente que da la niebla. Buen trabajo!
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  31. Um " belo e poético fog".
    " Se não fosse o Rock and Roll o q seria de mim"?
    You rock, :)AG!
    Parabéns!!

    ResponderEliminar
  32. A cloudy and gray day.
    But pretty picture.
    Greetings.

    ResponderEliminar
  33. Saudações A. Amei sua foto!!! Sem palavras... Quinzenalmente há uma nova postagem no meu blog. Beijos e abraços

    ResponderEliminar
  34. Não existe vida sem escolhas; são necessárias até aquelas
    que aparentemente nos damos mau. Lá na frente há um motivo.
    Bela escolha de imagem; muito bonito.
    Já tem post novo lá na casa.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  35. Não existe vida sem escolhas; são necessárias até aquelas
    que aparentemente nos damos mau. Lá na frente há um motivo.
    Bela escolha de imagem; muito bonito.
    Já tem post novo lá na casa.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  36. Lo he intentado tres veces, y no he conseguido que me haga la traducción del texto. Lo intentaré más adelante.
    Aprovecho para desearte un feliz verano.

    ResponderEliminar
  37. É assim mesmo a adolescência: parece que tudo tem de acontecer ao mesmo e com a rapidez que essa idade exige. Depois vêm esses momentos de angústia e de solidão. Mas a vida aí está para mostrar o caminho e apontar escolhas.
    Gosto muito desta canção de Rui Veloso.
    A foto é linda.Um ambiente envolto em neblina. Gosto de tempo assim.:)

    Abraço

    Olinda

    ResponderEliminar
  38. É assim mesmo a adolescência: parece que tudo tem de acontecer ao mesmo e com a rapidez que essa idade exige. Depois vêm esses momentos de angústia e de solidão. Mas a vida aí está para mostrar o caminho e apontar escolhas.
    Gosto muito desta canção de Rui Veloso.
    A foto é linda.Um ambiente envolto em neblina. Gosto de tempo assim.:)

    Abraço

    Olinda

    ResponderEliminar
  39. It is a beautiful photo, and yes, we have choices to make some time!

    ResponderEliminar
  40. Olá António

    Por vezes as opções de escolha que temos são tão nubladas quanto sua bela foto.
    Não escolher também é uma escolha.

    Abraços

    ResponderEliminar
  41. Olá, Boa semana!!!!!!!!!!!!!Abraçosssssssssss

    ResponderEliminar
  42. Olá, Boa semana!!!!!!!!!!!!!Abraçosssssssssss

    ResponderEliminar
  43. Olá!
    Belas fotos no seu blog, parabéns!!!
    Quanto a música, as escolhas são nossas, então o sol pode brilhar na nossa vida em dias nublados.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  44. As escolhas são necessárias. Excelente blog parabéns!
    Um abraço

    www.gattavaidosa.com

    ResponderEliminar
  45. É bem verdade isso, António. Podemos sempre escolher, seja qual for o momento. A nossa liberdade, no sentido mais profundo, consiste precisamente nisso: em poder optar.

    Abraço.

    Isabel Gomes

    ResponderEliminar
  46. Sempre temos a chance de escolher, ainda que às vezes algumas escolhas nos causem arrependimento ainda assim, ainda teremos a chance de aprender e fazer melhores escolhas no futuro! Linda a foto que ilustra o post e gostei muito do poema também. Abraço Antônio.

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/


    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  47. Superbe article!
    Bonne journee!
    Natallia Jolliet
    http://www.alexphotographygeneva.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  48. Escolheu fotografar o dia cinzento e fez muito bem! As estrelas do céu - como o Sol - nem sempre se deixam ver, apesar de lá estarem...
    Muito boa associação da imagem com a bela canção de Rui Veloso.

    Um abraço.

    Janita

    ResponderEliminar
  49. E a sua escolha foi de muito bom gosto, a penumbra de um amanhecer...o poema e a voz de Rui Veloso.
    Tudo perfeito!
    E que Agosto continue a gosto...

    ResponderEliminar
  50. ...gosto de dias melancólicos! eles me remetem a grandes divagações!

    passei para deixar beijinhos!

    muahhhhhhh

    ResponderEliminar
  51. A vida se faz de escolhas e de etapas e em todas elas as sensações são diferentes.Na Primavera da vida só há flores, embora por vezes nem tenhamos tempo nem paciência para as observar; tudo na nossa cabeça é sonhos, projectos, pressa para conseguirmos alcançar os nossos objectivos. Depois outras estações surgem e as nossas escolhas vão mudando; a melancolia surge, a pressa vai sendo trocada por passos mais lentos na tentativa de que o tempo desacelere. Mas ele lá vai no seu ritmo, não se importando com o que sentimos; mais uma vez compete só a nós fazer com que ele nos preencha; só nós podemos decidir se queremos ver as estrelas a brilhar se queremos ver sempre nuvens no céu. Temos sempre o poder de escolha, amigo. Obrigada pela partilha. Um beijinho
    Emília

    ResponderEliminar
  52. claro que sim, a vida é feita de escolhas, nem sempre as melhores, mas as que achamos melhores em cada fase.
    a foto está impregnada com uma nostalgia.
    acho que o titulo está muito bem, para a foto e a escolha da música foi perfeita.
    beijo
    :)

    ResponderEliminar
  53. É verdade, e todas as escolhas têm consequências!
    Boa noite :)

    ResponderEliminar
  54. Expressões como “está um frio de rachar” são usuais nos dias de muito frio e foi bem escolhida a música para o cenário.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  55. Podemos não escolher o que nos acontecerá, mas escolhemos como reagir aos acontecimentos...
    Como sempre, belas e inspiradoras fotos e músicas...
    Um abraço do Brasil
    Bíndi e Ghost

    ResponderEliminar
  56. avec ce brouillard,j'aperçois la maison!!!lol

    ResponderEliminar
  57. Nesta foto apalpa-se o peso do cinzento.
    Há dias assim, de tristeza, quando as torneiras se abrem.

    ResponderEliminar
  58. Ainda que as escolhas sejam aleatórias, são sempre escolhas. Nunca se sabe, à priori, quais serão as mais adequadas.
    Bela foto e boa escolha musical.
    Bjo :)

    ResponderEliminar
  59. Dizem que somos resultado, responsáveis , consequências das nossas escolhas. O momento da foto registra o tempo nublado, frio, mas aquecido pelo olhar do fotógrafo que a deixou mesmo bonita .

    Ainda bem que há o Rock and Roll! E há estrelas! E mais...!

    Bela triste canção! Há dias assim dentro de nós ( mesmo que seja em janeiro, aqui um calor de rachar!)

    Abraço

    Sarinha

    ResponderEliminar