segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Emoção


A emoção faz a ocasião


Chuva - Jorge Fernando

As coisas vulgares que há na vida
Não deixam saudade
Só as lembranças que doem
Ou fazem sorrir

Há gente que fica na história
Da história da gente
E outras de quem nem o nome
Lembramos ouvir

São emoções que dão vida
À saudade que trago
Aquelas que tive contigo
E acabei por perder

Há dias que marcam a alma
E a vida da gente
E aquele em que tu me deixaste
Não posso esquecer

A chuva molhava – me o rosto
Gelado e cansado
As ruas que a cidade tinha
Já eu percorrera
Ai, meu choro de moça perdida
Gritava à cidade
Que o fogo do amor sob a chuva
Há instantes morrera

A chuva ouviu e calou
Meu segredo à cidade e eis que ela bate no vidro
Trazendo a saudade

58 comentários:

  1. Uma imagem sublime, com uma musica poderosa.. que adoro!!
    Parabéns pela postagem....

    Tenha um dia feliz, apesar da muita chuva por aqui..

    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Um casamento perfeito. Uma excelente imagem, muito bem acompanhada por uma musica de que muito gosto.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  3. "A emoção faz a ocasião" e a ocasião faz a emoção!...
    Andou à cchuva, António?...:-) A foto está um espanto,
    parece uma imagem retirada de um filme.
    A "Chuva" de Jorge Fernando é apropriadíssima e linda.
    Um cantor e excelente compositor às vezes um pouco esquecido.
    "As coisas vulgares que há na vida não deixam saudade"
    Gostei muito!
    xx

    ResponderEliminar
  4. Em nossos corações sempre ficam emoções,boas ou ruins.
    Lindas fotos tiradas por você amigo Antonio,eu adorei.
    bjs
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  5. Excelente!!! Gostei muito.
    Um abraço
    Lita

    ResponderEliminar
  6. Imagem linda, letra de música maravilhosa.
    Existem pessoas apaixonantes e inesquecíveis...
    Bjussss

    ResponderEliminar
  7. Muy buena Antonio! aprovechando las primeras lluvias y sin mojarte!
    Saludos

    ResponderEliminar
  8. É a vida com tudo o que ela tem de bom e de mau/nostálgico e trágico...
    Grata pela visita ao meu espaço.
    PN

    ResponderEliminar
  9. Eu gostei, boa captura através do pára-brisa do carro, bela foto!
    Saludos!

    ResponderEliminar
  10. Maravilhoso...poema e música. Perfeito, adorei!
    Beijos de uma ótima semana!
    Obrigado!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  11. Hola Antonio ! bello poema y una imagen de sueños.
    Un abrazo gigante.
    Que tengas una semana de fiesta.

    ResponderEliminar
  12. Una fotografia muy original y curiosa, todo através de un cristal mojado se ve diferente, con un aire de misterio.....el videoclip musical con esa sucesion de imagenes es excelente, saludos.

    ResponderEliminar
  13. Ah! Chuva.
    Com muita emoção e aproveitando a ocasião, ela está fazendo falta aqui no nosso pedaço do Brasil.
    Hoje é o primeiro dia da Primavera, e seria uma bênção se ela trouxesse as chuvas de volta!
    Olhando sua foto, quanta saudade dessa imagem!
    Abraço e boa semana!
    vitornani.blogspot.com

    ResponderEliminar
  14. Gosto mesmo muito deste poema e da forma como foi musicado!

    Abraço

    ResponderEliminar
  15. Sonata à chuva! :)

    Beijinhos Marianos! :)

    ResponderEliminar
  16. foto inovadora, de que gostei muito.

    a música como sempre muito bem escolhida para a foto.

    boa semana.

    um beijo

    ;)

    ResponderEliminar
  17. Recordar é também viver. E com a chuva vem o cheiro da terra molhada, a melancolia que reactiva memórias....
    Excelente semana, AG.

    ResponderEliminar
  18. Uma tela poética em versos lindíssimos. Parabéns!

    ResponderEliminar
  19. Una foto misteriosa que la lluvia se encarga de mostrar tímidamente. Muy sugerente.
    Un abrazo y feliz semana

    ResponderEliminar
  20. Choveu e muito, mas não perto de mim.
    Foto fantástica, como sempre.

    ResponderEliminar
  21. Me gusta mucho la foto, parece que esté llena de secretos...

    Abrazos!!!

    ResponderEliminar
  22. La lluvia gran inspiradora de los poetas...
    Tu fotografía es espectacular, la lluvia sobre el cristal.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  23. Lindo poema.
    A imagem combinou perfeitamente.

    Beijos
    Ani

    ResponderEliminar
  24. E você soube captá-la com grande beleza. Nem a chuva prejudicou o foco. Gosto dessa sua forma de colocar os versos da canção na postagem, pois quando nos são desconhecidas podemos sentir de outra forma o que cantam. Abraço.

    ResponderEliminar
  25. Boa noite Antonio.
    Uma linda imagem, essa frase da musica diz muita verdade .Há dias que marcam a alma
    E a vida da gente.
    Uma feliz semana.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  26. A emoçao faz a ocasiao? ou... a emoçao marca a ocasiao?... que fica registrada para sempre...

    ResponderEliminar
  27. A emoção está sempre ao dobrar da esquina...por isso, quem anda à chuva molha-se.

    ResponderEliminar
  28. oi Antonio,

    uma única palavra expressa o que senti hoje por aqui:
    perfeição...

    beijinhos

    ResponderEliminar
  29. Lluvia en los primeros días de otoño, me gusta es muy original.
    Un abrazo!!

    ResponderEliminar
  30. Linda foto, mesmo estando á chuva e ao vento.
    Adoro esta canção/fado não sei bem o que é, mas adoro...

    ResponderEliminar
  31. Que bonito post e blog! Bela música e imagem! Aprecio muito a cultura de Portugal! Obrigada pela visita em meu blog! Prazer em conhecê-lo! Seja sempre bem-vindo! Feliz Outono!
    Tenha um bom dia!

    ResponderEliminar
  32. Excelente imagen con la lluvia como protagonista. Me encanta la manera en que la has captado a traves del cristal.
    Un fuerte abrazo

    ResponderEliminar
  33. BOnsoir bonsoir elle est superbe cette photo et tu sais je n'ai pas tellement l'occasion de frapper la glace mais je garde mes souvenirs pour moi
    gros bisous

    ResponderEliminar
  34. Olá, António
    As minhas férias terminaram… e para assinalar o seu fim publicarei um post, logo, à meia noite. Fico-te aguardando.

    Uma linda imagem - as fotos com chuva têm uma beleza especial.
    Gostei imenso de ouvir este Fado (aliás, gosto muito de Fado) - mas fez-me sentir mais saudades de Portugal :(

    Um abraço
    Miguel

    ResponderEliminar
  35. Me gusta esa imagen en la que, desde la comodidad del asiento de un coche, protegidos de la lluvia por el parabrisas, vemos pasar una sombra fugaz diluida entre el agua y el paisaje.
    Un abrazo,

    ResponderEliminar
  36. You got the shot at the right time. very special photo, I like it! it's has great artistic charisma. congrats!
    Abraços

    ResponderEliminar
  37. Muy buena, pero hay alguien que se está empapando.....jajaja.
    Un beso

    ResponderEliminar
  38. Há dias em que a emoção vem à flor da pele.

    Uma partilha que me tocou.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  39. Linda foto y poema! Me encantaron ambos,
    Saludos,

    ResponderEliminar
  40. Hermosa panorámica encabeza este espacio; y linda canción hecha poma, o poema hecha canción, da lo mismo, sólo decirte que ha sido un inmenso placer pasar por tu casa virtual.
    Te dejo mi gratitud y mi estima.
    Un beso y se muy muy feliz.

    ResponderEliminar
  41. Olá,
    Um lindo post com grande conteúdo pois a saudade exite porque vive de grandes lembranças, recordações; sem ela, não teríamos memória ativa do que realmente importa pro nosso coração...
    Lindas a música e a foto!!!
    Abraços fraternos e floridos daqui

    ResponderEliminar
  42. Que maravilla de fotos y de palabras.. Muchas gracias por la visita a mi pequeño rincón
    .. Un saludo :)

    ResponderEliminar
  43. Gracias por pasarte por mi blog y comentar,amigo. Después de ver el tuyo yo tambien me quedo por aqui.
    Un abrazo desde catalunya.

    ResponderEliminar
  44. Obrigado por compartilhar o seu trabalho, porque não Sempre Um lugar para compartilhar nossas preocupações, visões e trabalho, a fim de apreciá-los, pois isso já aconteceu comigo em seu blog.

    Mais uma vez obrigado e até breve, amigo.

    ResponderEliminar
  45. rain rain ! I like this image and I like rain too (but not too often...)

    ResponderEliminar
  46. Me gusta sentir la lluvia Antonio.
    Un beso.

    ResponderEliminar
  47. Excellent feel to the photo here, very weel captured :-)
    I guess it is you standing outside the car there...
    All the best to you.
    Blessing :-))

    ResponderEliminar
  48. Olá António
    Colocou um dos fados que mais me toca e emociona...este poema diz-me tudo...:-)))
    "As coisas vulgares que há na vida
    Não deixam saudade
    Só as lembranças que doem
    Ou fazem sorrir"
    Tão verdadeiro e tão bonito...
    A fotografia é excelente, como aliás são todas.
    Um sorriso para si..:-))))
    Teresa

    ResponderEliminar
  49. Fantástico, Antonio! uma fotografia perto do abstrato. Eu amo isso!
    Abraços e tenha um bom fim de semana :)

    ResponderEliminar
  50. Me encanta esta foto!!
    Me quedo por tu blog!
    Un saludo y gracias!

    ResponderEliminar
  51. on dirait un reflet dans de l'eau où je crois que c'est depuis un intérieur où il a plu et qu'une personne passe...

    ResponderEliminar